A Guerra do Amanhã tem mais de 80% de aprovação do público 4
CinemaPrime Video

A Guerra do Amanhã tem mais de 80% de aprovação do público

A Guerra do Amanhã recebeu boas avaliações no Rotten Tomatoes, site responsável por agrupar críticas e dar uma porcentagem de aprovação.

O filme conta com relativa baixa aprovação da crítica, com 52%, enquanto que o público está gostando bastante, contando com 81% de aprovação.

A Guerra do Amanhã tem mais de 80% de aprovação do público 5

Originalmente, o filme seria lançado nos cinemas pela Paramount Pictures, mas por conta da pandemia, a Amazon Studios adquiriu os direitos de distribuição do filme e já está disponível no catálogo.

Em A Guerra do Amanhã, a humanidade está perdendo uma batalha global contra uma espécie mortal de alienígenas em 2051. Para garantir a sobrevivência dos humanos, soldados e civis do presente são transportados para o futuro e se juntam à luta, entre eles Dan Forester (Chris Pratt), um pai de família determinado a salvar o mundo.

A Guerra do Amanhã está disponível no Amazon Prime Video.

via temalguemassistindo

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


A Guerra do Amanhã tem mais de 80% de aprovação do público 6







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Comments are closed.