Em entrevista à Variety, o diretor Guy Ritchie comentou sobre o tom de Aladdin, live-action que vai comandar para a Disney:

“Decência é decência. Humanidade é humanidade. Acho que o filme vai ditar o tom que precisa ter e quem deve estar nele. Não é para você se sentir forçado, ou intimidado. O filme será o que precisa ser, porque precisa disso. Terá sua própria voz autêntica”. 

Em entrevista à revista Nerdist, ele garantiu que “seria difícil não fazer de Aladdin um musical”, mas explicou que este é o único detalhe que consegue antecipar no momento.

“É muito cedo, porque realmente apenas mergulhei nesse projeto… Então ainda estou procurando membros para o elenco, ainda não encontramos exatamente uma direção para seguir. Tenho certeza que em algum momento isso vai se revelar para mim, mas por enquanto ainda é um pouco prematuro”, avisou.

Recentemente foi divulgado que Will Smith pode fazer o papel do gênio, que foi de Robin Williams na animação original de 1992. A Disney planeja o live-action como um musical e as filmagens podem durar seis meses. A produção deve começar em julho e a estreia deve acontecer em 2018, mas a data não foi oficializada.

via Omelete / observatoriodocinema

Deixe sua opinião aqui :)