Após 39 anos, Rubens Ewald Filho não vai comentar o Oscar na TV

O mais famoso crítico de cinema deve fazer posts no Twitter e pequenos programas de apresentações gravados.

Em 1980, a Globo contratou Rubens Ewald Filho como comentarista do Oscar. De lá para cá, ele não parou mais, mesmo quando a cerimônia do prêmio mais importante do cinema migrou para o SBT.

Rubens, ainda o crítico de cinema mais famoso do Brasil e com contrato até 2020 com o canal pago TNT, ficará, infelizmente, em segundo plano na cobertura do Oscar 2019. Ele aparecerá em pequenos programas gravados e deve fazer comentários apenas no Twitter.

Neste ano, a TNT decidiu renovar o time de apresentadores e, também por isso, dispensou Domingas Person, parceira de Rubens em várias transmissões, não só do Oscar, mas também do Globo de Ouro e do SAG Awards. Quem assume o posto de Rubens é Michel Arouca, o mesmo do Globo de Ouro e do SAG. Saem, portanto, os comentários afiados, irônicos e autênticos do veterano para entrar frases prontas e elogios rasgados a todos os candidatos feitos pelo novato.

Rubens, de 73 anos, me garantiu que não foi nenhum motivo pessoal que o afastou da transmissão pela TV do Oscar. Embora tenha ficado com uma ponta de mágoa, o respeitado crítico agradece a TNT por dar uma repaginada em sua carreira, seja transformando-o em youtuber (com o programa Rubens Responde) ou o incentivando a ser ativo nas redes sociais, como os recentes stories que anda fazendo em sua conta no Instagram.

via  | Tudo Sobre Cinema

Leia Mais
Stranger Things: Veja (quase) todas as referências antigas usadas na série!