Após 39 anos, Rubens Ewald Filho não vai comentar o Oscar na TV 4
Cinema

Após 39 anos, Rubens Ewald Filho não vai comentar o Oscar na TV

Em 1980, a Globo contratou Rubens Ewald Filho como comentarista do Oscar. De lá para cá, ele não parou mais, mesmo quando a cerimônia do prêmio mais importante do cinema migrou para o SBT.

Rubens, ainda o crítico de cinema mais famoso do Brasil e com contrato até 2020 com o canal pago TNT, ficará, infelizmente, em segundo plano na cobertura do Oscar 2019. Ele aparecerá em pequenos programas gravados e deve fazer comentários apenas no Twitter.

Neste ano, a TNT decidiu renovar o time de apresentadores e, também por isso, dispensou Domingas Person, parceira de Rubens em várias transmissões, não só do Oscar, mas também do Globo de Ouro e do SAG Awards. Quem assume o posto de Rubens é Michel Arouca, o mesmo do Globo de Ouro e do SAG. Saem, portanto, os comentários afiados, irônicos e autênticos do veterano para entrar frases prontas e elogios rasgados a todos os candidatos feitos pelo novato.

Rubens, de 73 anos, me garantiu que não foi nenhum motivo pessoal que o afastou da transmissão pela TV do Oscar. Embora tenha ficado com uma ponta de mágoa, o respeitado crítico agradece a TNT por dar uma repaginada em sua carreira, seja transformando-o em youtuber (com o programa Rubens Responde) ou o incentivando a ser ativo nas redes sociais, como os recentes stories que anda fazendo em sua conta no Instagram.

via  | Tudo Sobre Cinema

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Após 39 anos, Rubens Ewald Filho não vai comentar o Oscar na TV 5







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.