CinemaNetflix

Cinema de Angola pela primeira vez em cartaz no Netflix

O filme “Santana”, produzido por Maradona Dias dos Santos e Chris Roland, estreou nos cinemas em 2015 e hoje, dia 28 de agosto, ganha visibilidade mundial ao ser incluído no catálogo do Netflix. O filme é a primeira produção de Angola a ser apresentada na plataforma de streaming.

A atriz Neide Van-Dúnem é a estrela principal do filme. Depois do sucesso na peça “Elas não precisam de homens?”, sua participação no filme confirma o seu talento e versatilidade na arte da representação. Formada em Artes Cênicas em Los Angeles (EUA), a jovem de 33 anos iniciou a carreira artística no teatro de Luanda, em 2003, com apenas 17 anos, e teve a sua estreia em televisão na mini-série “Sede de Viver”, um ano mais tarde. Atualmente ela também é CEO da Produtora Mentes Fabulosas, além de ser apresentadora de televisão. Recentemente, participou ainda do filme “A Dívida”.

Baseado em fatos reais, “Santana” é um filme de ação que conta a história de dois irmãos, um é general e o outro agente da divisão de narcóticos, que finalmente descobrem a identidade do traficante de drogas que assassinou os pais deles décadas antes. A obra tem no elenco, dentre outros, os atores angolanos Paulo Americano, Raul Rosário, o nigeriano Hakeem Kae-Kazim e a sul-africana Jenna Upton.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Cinema de Angola pela primeira vez em cartaz no Netflix 3







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.