Como se Tornar o Pior Aluno da Escola | Ministério Público de SP investiga filme 3
Cinema

Como se Tornar o Pior Aluno da Escola | Ministério Público de SP investiga filme

Depois de tanta polêmica, o Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola se envolveu em mais uma confusão, dessa vez está na mira do Ministério Público de São Paulo.

De acordo com o UOL, o inquérito teria sido motivado pela ausência de classificação indicativa nos materiais de divulgação do filme do Danilo Gentili.

Em vez de indicar a faixa etária adequada para assistir ao longa, como exige o Estatuto da Criança e do Adolescente, banners e trailers apresentariam a frase “o pior aluno da escola nunca verifica a classificação indicativa do filme”.

COMO SE TORNAR O PIOR ALUNO DA ESCOLA | CRÍTICA

A produção foi classificada pelo Ministério da Justiça como imprópria para menores de 14 anos. Procurada, a Paris Filmes não deu um posicionamento oficial até a publicação desta nota.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Como se Tornar o Pior Aluno da Escola | Ministério Público de SP investiga filme 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply