Diretor criativo da DC Comics diz que filme solo do Aquaman será grandioso 3
Cinema

Diretor criativo da DC Comics diz que filme solo do Aquaman será grandioso

Batman vs Superman: A Origem da Justiça mal chegou aos cinemas e está quebrando alguns recordes de bilheteria. É bem provável que o filme termine a sua primeira semana nos EUA com os mesmos números de Vingadores: A Era de Ultron.

Com o filme de Zack Snyder servindo para introduzir todo o Universo Cinematográfico da DC Comics no cinema, incluindo os principais heróis da Liga da Justiça, ainda parece um pouco difícil jogar todas as piadas feitas com o Aquaman pela privada (entenderam o que eu fiz?). O diretor criativo da DC Comics, Geoff Johns, enxerga as coisas de outro modo.

Para ele, o rei de Atlantis não deve ser subestimado e muito menos Jason Momoa (Game of Thrones), o ator que escolheram para representa-lo.

Realmente, eu pensaria duas vezes em chamar Khal Drogo de inútil. Provavelmente eu estaria indo para uma morte lenta e muito dolorosa.

Aquaman será introduzido no confronto épico entre Batman (Ben Affleck) e Superman (Henry Cavill). O filme, mesmo tendo falhas óbvias, não falhou em introduzir um novo universo para os cinemas. E acho que mesmo aqueles que não gostaram, saíram querendo ver o filme solo, não só do Aquaman, mas dá Mulher-Maravilha (Gal Gadot), Flash (Ezra Miller) e Cyborg (Ray Fisher) também.

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Diretor criativo da DC Comics diz que filme solo do Aquaman será grandioso 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.