Diretor de “A Chegada” fala sobre o Oscar ter ignorado Amy Adams 5
Cinema

Diretor de “A Chegada” fala sobre o Oscar ter ignorado Amy Adams

A academia revelou a lista com as indicações ao Oscar 2017 e além de alguns filmes que todo mundo tinha certeza que apareceriam na lista, a ausência da atriz Amy Adams na categoria de melhor atriz foi um dos assuntos que gerou mais polêmica até agora. 

Amy podia concorrer por dois filmes: “Animais Noturnos” e “A Chegada”, mas o Oscar deu uma esnobada legal na atriz, que acabou ficando de fora das indicações. Assisti “A Chegada” e posso garantir que ela potencial para aparecer na lista por sua atuação em “A Chegada”, mas infelizmente não aconteceu. 

Diretor de “A Chegada” fala sobre o Oscar ter ignorado Amy Adams 6

O site da Entertainment Weekly fez uma “mini entrevista” com diretor de “A Chegada”, Denis Villeneuve, onde ele comentou sobre o assunto:

“É a grande decepção. Estou profundamente desapontado por Amy. Ela era a alma desse filme. Para mim, era óbvia [a indicação]! Ela carregou o filme nas costas, ela é a responsável por ele ter acontecido. É estranho comemorar e se sentir triste ao mesmo tempo.”

Sobre as oito categorias em que “A Chegada” foi indicado – incluindo melhor diretor e melhor filme -, Villeneuve disse:

“Ainda estou digerindo a notícia. Estou alternando entre tomar café e champanhe.”

via PP

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Diretor de “A Chegada” fala sobre o Oscar ter ignorado Amy Adams 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.