Em menos de 24 horas, “A Bela e a Fera” já faturou mais de US$ 16 mi nos EUA 15
Cinema

Em menos de 24 horas, “A Bela e a Fera” já faturou mais de US$ 16 mi nos EUA

Nas primeiras horas em cartaz nos cinemas dos Estados Unidos, a versão live action de “A Bela e a Fera” já faturou US$ 16,4 milhões (R$ 50,9 milhões) nas bilheterias do país, e deverá superar a marca de US$ 100 milhões (R$ 310,2 milhões) arrecadados com a venda de ingressos em seu fim de semana de estreia, feito que apenas outros 42 filmes conseguiram até hoje na história de Hollywood.

Confira nossa crítica de A Bela e a Fera

Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade dele. No castelo, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.

via Glamurama

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Em menos de 24 horas, “A Bela e a Fera” já faturou mais de US$ 16 mi nos EUA 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply