Equipe de efeitos de Bohemian Rhapsody não foi paga pelo trabalho

A empresa deve R$ 263 mil e não paga seus freelancers desde outubro de 2018.

De acordo com o jornal The Guardian, a produtora britânica Halo VFX está em processo de falência e ainda não conseguiu pagar os freelancers pelo serviço prestado ao longa da Fox. A companhia com mais de 15 anos de atuação no mercado está devendo 53 mil libras, algo atualmente próximo de R$ 263 mil.

A empresa que criou os efeitos visuais de uma das partes mais antológicas do filme, o icônico show no Live Aid, não pagou seus funcionários pelo trabalho realizado. 


“Não é aceitável que artistas que contribuíram para o sucesso de um filme tão lucrativo sejam desconsiderados e saiam no prejuízo”, disse o representante Paul Evans.

Vale lembrar que a Halo VFX não é a única empresa de efeitos visuais que prestou serviço ao filme. Não há relatos de dívidas com funcionários de outras empresas envolvidas com Bohemian Rhapsody.  

via jovemnerd

Leia Mais
Artista mostra a verdadeira identidade de vários ícones da cultura pop