Fênix Negra | Atrizes revelam problemas durante as filmagens: “O roteiro era sempre reescrito” 16
CinemaLink na Bio

Fênix Negra | Atrizes revelam problemas durante as filmagens: “O roteiro era sempre reescrito”

Em entrevista ao Screen RantSophie Turner e Jessica Chastain admitiram que as gravações de “X-Men: Fênix Negra” não foram nada fáceis.

As atrizes inclusive confirmaram que, por conta das constantes mudanças no roteiro, muitos ficaram confusos com a direção que o filme estava tomando.

“Simon Kinberg (diretor) e eu sentávamos por duas horas todos os dias para repassar o roteiro. O filme estava sendo constantemente reescrito ao longo das filmagens.”

Declarou Turner.

“Tínhamos algumas conversas, e quando alguma ideia saía delas, Simon mostrava o trabalho na manhã seguinte e dizia, ‘Escrevi algumas páginas que podem ser interessantes.’ “

Concluiu Chastain.

Fênix Negra | Atrizes revelam problemas durante as filmagens: “O roteiro era sempre reescrito” 17

Uma das principais mudanças aconteceu justamente no terceiro ato. Originalmente, os heróis teriam uma grande batalha no espaço e que envolveria até os Skrulls, mas por conta das semelhanças com Capitã Marvel, a cena foi trazida para a Terra e em uma escala bem menor.

X-Men: Fênix Negra está em cartaz nos cinemas.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Fênix Negra | Atrizes revelam problemas durante as filmagens: “O roteiro era sempre reescrito” 18


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply