Após o vazamento de um vídeo do set, em que mostra um cachorro sendo forçado a entrar na água, a campanha de marketing do filme Quatro vidas de um cachorro” foi por água abaixo.

A Universal Pictures e a produtora Amblin Entertainment, responsáveis pelo filme Quatro vidas de um cachorro, anunciaram na noite da última quinta-feira (19), que a pré-estreia do longa aconteceria em Los Angeles, neste final de semana, foi cancelada.

Em nota, a Universal Pictures se pronunciou sobre o assunto: 

”Não queremos que nada atrapalhe este filme que celebra o relacionamento entre homens e animais. Desde que essas imagens surgiram, a Amblin está em contato com o pessoal da segurança, treinadores e coordenadores de dublês para revisar o que ocorreu”.

A secretaria de Veterinária do governo do Canadá está investigando o suposto caso de maus tratos contra um cachorro durante as gravações do filme “Quatro Vidas de Um Cachorro”. As imagens vazaram na internet e mostram um pastor alemão sendo forçado a entrar na água. O cachorro luta para não entrar na piscina enquanto é segurando por um homem.  

Se for confirmado que o animal realmente foi vítima de abuso, os responsáveis pela produção devem ser processados e podem pegar até seis meses de prisão, além de multa de dez mil dólares. 

via Diário de Pernambuco – correio24horas



Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos