Homem-Aranha | Sony responsabiliza presidente da Marvel Studios pelo impasse com a Disney

Depois do anúncio de que a Marvel não irá mais produzir os filmes do Homem-Aranha, a Sony Pictures resolveu se posicionar publicamente sobe o assunto.

O comunicado emitido pelo estúdio responsabiliza a agenda de Feige pelo desentendimento entre as empresas, não comenta sobre as divergências financeiras – apontadas como pivô da ruptura – e também não menciona a rumor de que o personagem não aparecerá mais no MCU. A Sony disse sentir a saída de Feige, mas que entende a necessidade do produtor se empenhar em conteúdos que pertencem totalmente à Disney.




Veja abaixo o comunicado publicado no Twitter oficial da Sony Pictures:

“Muitas das notícias de hoje sobre Homem-Aranha descaracterizaram as recentes discussões sobre o envolvimento de Kevin Feige na franquia. Estamos decepcionados, mas respeitamos a decisão da Disney de não ter ele como principal produtor do nosso próximo filme live-action do Homem-Aranha. Esperamos que isso mude no futuro, mas entendemos que muitas das responsabilidades que a Disney deu para ele – incluindo as novas propriedades da Marvel – não dão tempo para ele trabalhar em propriedades que não são deles. Kevin é incrível e somos gratos por sua ajuda e orientação e prezamos o caminho que ele nos ajudou a encontrar e que continuaremos a seguir”.

O Deadline afirma que a Sony não quer dividir igualmente os valores da sua maior franquia atualmente. O que o estúdio queria era manter os termos atuais, nos quais a Disney recebe aproximadamente 5% da bilheteria a partir do dia de estreia do filme, o que foi recusado.

A Sony ainda teria contrato para mais dois filmes com Tom Holland vivendo Peter Parker e com Jon Watts na direção. Nada foi comentado pelo estúdio sobre como será daqui para frente ou sobre as aparições de Holland nos próximos filmes da Marvel.

via jovemnerd

Leia Mais
Coringa | Crítica