Já vimos e não gostamos: O caçador e a rainha de gelo

No último dia 18 o BB teve acesso a pré-estreia do longa metragem “O caçador e a rainha de gelo”, produzido pela Universal. Claro que depois do Branca de Neve e o caçador não esperávamos uma obra prima, mas o filme se mostrou ainda mais fraco do que acreditávamos, resultado: não gostamos do longa. 

thor


O filme, dirigido por Cedric Nicolas-Troyan, e estrelado por Chris Hemsworth, Charlize Theron, Emily Blunt e Jessica Chastain, mostra um roteiro incrivelmente fraco e com poucas emoções em seu decorrer.

O longa se passa antes de acontecer a história da branca de neve e sete anos depois, mostrando a origem do vamos dizer assim “problemas dos reinos”, já que a rainha de gelo possui uma sede de frieza devido a um passado obscuro, fazendo a acreditar que o amor é algo inexistente.

Também vemos o tórrido caso de amor de nosso querido caçador, e sim, nunca acreditei que diria isso, mas temos uma versão abobalhada do caçador, que parecia” feroz ” na branca de neve, primeiro filme da franquia.

“Um frozen com mais beijo, brigas e em live action”, foi um dos comentários das pessoas que estava presente na sala. Então em resumo, temos personagens que não convencem, cenas de ação impossíveis até para o superman, diálogos fracos e buracos no decorrer da trama. Não sei como temos atores de peso fazendo esse filme, mas se forem fazer uma nova sequência a minha dica é para a Universal: Por favor melhorem, pois esse segundo filme não agradou nem meu bichinho de pelúcia.

Confira a sinopse e o trailer:

A Rainha Ravenna (Charlize Theron) governava com justiça até o dia em que sua bondosa irmã Freya (Emily Blunt) deu à luz uma menina destinada a retirá-la de seu posto de mais bela do reino. Irada, ela assassinou a criança, mergulhando sua irmã em uma profunda depressão. Anos mais tarde, ao saber da morte de Ravenna, Freya decide ir em busca de seu espelho mágico. Só que Ravenna ressuscita e caberá à Rainha do Gelo e aos rebeldes Erik (Chris Hemsworth) e Sara (Jessica Chastain) lutarem, mais uma vez, contra os poderes malignos da vilã. (Sinopse retirada do site Adoro Cinema)

 

Leia Mais
Meryl Streep emociona com discurso no Globo de Ouro 2017!