James Gunn defende Mary Jane de Zendaya em 'Homem-Aranha: De Volta ao Lar' 3
Cinema

James Gunn defende Mary Jane de Zendaya em ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’

O diretor James Gunn (Guardiões da Galáxia 1 e 2) usou o Facebook para comentar a polêmica sobre envolvendo Zendaya x a escolha da atriz para viver a “nova Mary Jane” dos cinemas em Spider-Man: Homecoming (Homem-Aranha: De Volta ao Lar).

“As pessoas ficam chateadas quando algo que elas consideram intrínseco de um personagem dos quadrinhos é adaptado para os filmes. Eu entendo isso. Existem filmes que eu não gosto porque existem mal-entendidos na história dos personagens quando o quadrinho é transferido para o filme (ainda odeio como o primeiro Batman mostra o Coringa como responsável pela morte dos pais de Bruce Wayne, por exemplo).

Dito isso, não acredito que um personagem é a cor de sua pele. Quando Michael B. Jordan foi escolhido como Johnny Storm, eu não entendi todo o tumulto (…). Ontem, surgiu o rumor que a personagem Mary Jane seria interpretada por uma jovem negra, a Zendaya, e todo o inferno surgiu na internet (novamente). Eu tuitei que, se as pessoas estão reclamando sobre a etnia da Mary Jane, as vidas delas não devem ser tão boas (Para quem pensa que eu estou confirmando que a Zendaya fará a Mary Jane, saibam que já li o roteiro, conheci a atriz, mas não tenho ideia de qual é o papel dela. Existe a chance de alguém ter me falado em algum momento, mas não me lembro. Vou descobrir isso quando for até a Marvel hoje à tarde, mas me sinto livre para falar até o momento porque é o conceito de uma mulher negra sendo a Mary Jane, não realmente a hipótese disso).

Tive muitas respostas ao meu twett, a maioria positiva. Algumas pessoas discordaram – eles acham que a personagem precisa ser idêntica aos quadrinhos – mas formaram bons pensamentos. E alguns foram preconceituosos. Não consigo responder para os racistas. Não posso mudar a mente deles, mas para a maioria de vocês, deixo isso:

Para mim, se a característica primordial de um personagem – aquilo que o torna icônico – for a cor da pele, ou do cabelo, francamente, esse personagem é bem raso e chato. Para mim, o que torna a Mary Jane o que ela é, é sua identidade feminina superior e sua personalidade forte e, se a atriz conseguir capturar isso, ela vai servir. E, para registrar, acho que a Zendaya combina muito com as características primárias da Mary Jane – ela é magra, uma modelo magra – muito mais do que as atrizes do passado”.

Zendaya foi confirmada anteriormente com o papel de Michelle, e ainda não há confirmação se ela será realmente a Mary Jane.

Spider-Man: Homecoming estreia em 6 de julho de 2017.

via Omelete

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


James Gunn defende Mary Jane de Zendaya em 'Homem-Aranha: De Volta ao Lar' 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.