‘Malévola: Dona do Mal’ amarga 41% de aprovação no Rotten Tomatoes!

‘Malévola: Dona do Mal’ chega aos cinemas nesta semana e as principais críticas da produção já estão entre nós. Amargando 41% de aprovação no Rotten Tomatoes, a sequência dividiu opiniões, sendo considerada fraca, ainda que Angelina Jolie consiga sustentar a personagem. Inclusive, você pode conferir a nossa crítica do filme aqui.

Em contra partida, a versão live-action também recebeu elogios pelo confronto entre a vilã e a rainha, vivida por Michelle Pfeiffer. O filme também foi considerado uma significativa melhora de seu primeiro capítulo por um dos críticos. Mas, ironicamente, a produção lançada em 2014 conta com uma porcentagem de aprovação melhor que a do novo filme, sustentando 53% aprovação no RT.




+ Malévola: Dona do Mal | Crítica

Separamos as principais avaliações da sequência. Confira abaixo:

“Este ‘Malévola’ é decepcionante, embora Jolie certamente o venda com força, assim como Fanning, que o leva tão a sério quanto qualquer outra coisa em sua carreira”. – Peter Bradshaw, Guardian

“Rønning, que foi para Hollywood no quinto filme da franquia Piratas do Caribe, parece estar se escravizando em franquias que ditam o trabalho mais anônimo possível.” – Tim Robey, Daily Telegraph.

“Mais uma vez, surgiram alguns conceitos interessantes – como um confronto entre mãe e mãe e uma guerra manipulada entre fadas e humanos – mas nenhum material se mantém original.” – Eric Eisenberg, CinemaBlend.

“Aceite o seu imaginário e ‘Dona do Mal’ quase funciona em seus próprios termos, mas qualquer pessoa que busque o cenário mais profundo descobrirá que muitas vezes o filme evapora sob escrutínio”. – Eric Kohn, indieWire

“Alguns filmes tem plot twists… mas a franquia Malévola educadamente liga um sinal antes de realizar qualquer mudança no enredo”. – Jesse Hassenger, AV Club

“O magnetismo de Jolie, além da maneira como ela define a linha entre ser uma versão em fábula do Batman e uma dama ameaçadora não-tão-má-mas-muito-perto-disso, é o motivo pelo qual esses filmes da ‘Malévola’ funcionam”. – Brian Truitt, USA Today

“Se Malévola ainda não existisse, talvez tivéssemos que inventá-la para Angelina Jolie”. – Leah Greenblatt, Entertainment Weekly

“É difícil não apreciar o completo desarranjo da trama que Ingrith inventou, que é tão cruel e tão elaborada… a ponto de tornar até mesmo as maquinações originais de Malévola em ‘A Bela Adormecida’ parecerem domesticadas em comparação”. – Justin Chang, Los Angeles Times

via cinepop

Leia Mais
Confira o calendário dos próximos lançamentos da Disney no Brasil