Ministério da Economia propõe acabar com a meia-entrada 5
Top view of popcorn and movie tickets
Cinema

Ministério da Economia propõe acabar com a meia-entrada

A ANCINE (Agência Nacional do Cinema) abriu uma consulta pública sobre a influência da obrigatoriedade legal de meia-entrada sobre o mercado exibidor brasileiro. As contribuições sobre o assunto inicialmente seriam enviadas até 13 de julho, mas foram prorrogadas até 13 de agosto de 2020.

Segundo um estudo do órgão, em 2019, cerca de 80% dos ingressos de cinema vendidos foram meia entrada (59,75% legal, 17,27% promocionais e 2,34% cortesias). A ANCINE argumenta que, para compensar o grande acesso à meia entrada, o valor do ingresso praticado é alto.

Segundo o Estadão, o Ministério da Economia se pronunciou sobre o assunto e propôs a extinção de todas as regras que garantem o benefício. Atualmente, leis federais garantem a meia-entrada para estudantes, jovens de baixa renda, pessoas com deficiência e idosos. Leis municipais e estaduais ampliam o benefício para outros grupos em algumas localidades.

Fernando Capez, secretário de Defesa do Consumidor e diretor do Procon-SP, se posicionou contra o fim da meia entrada e fez um alerta “Isso é retirar um direito consolidado do consumidor. Não há nenhuma garantia de que isso vai resultar em ingressos mais baratos”.

 

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Ministério da Economia propõe acabar com a meia-entrada 6


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply