'Modo Avião', de Larissa Manoela, é o filme mais popular em língua não inglesa da Netflix 3
CinemaNetflix

‘Modo Avião’, de Larissa Manoela, é o filme mais popular em língua não inglesa da Netflix

Modo Avião, protagonizado por Larissa Manoela e dirigido por César Rodrigues é o filme mais popular da Netflix em língua não inglesa, segundo a Variety.

A produção original da Netflix foi lançada em 23 de janeiro já foi assistida por 28 milhões de famílias, das quais um terço está no Brasil e dois terços fora. EUA, México, França e Alemanha lideram a audiência fora do Brasil, de acordo com a Netflix.

Em Modo Avião, a atriz faz a vez de uma influenciadora digital que não larga do celular. O tema não pretende conquistar apenas a audiência brasileira. De olho no filão de 190 países que consome seu conteúdo, a Netflix traz os algoritmos para dentro do processo criativo de seus produtos.

“Desde o início do roteiro pensamos em um assunto que fosse universal, que muita gente poderia se identificar e que é real, como o vício em redes sociais”, contou a atriz, em entrevista por telefone na época do lançamento do filme.

No elenco, Erasmo Carlos interpreta o avô da personagem.

“É uma forma de unir diferentes gerações. Soube pelo meu pai de sua carreira, suas músicas e ele foi muito querido na nossa relação de avô e neta”, conta Larissa.

Cesar Rodrigues é um diretor experiente de comédia, adolescentes e programas de TV. Ele dirigiu Minha mãe e uma peça 2, uma comédia de sucesso local lançada em 2016, que vendeu mais de 9 milhões de ingressos no Brasil.

via Estadão

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


'Modo Avião', de Larissa Manoela, é o filme mais popular em língua não inglesa da Netflix 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply