'Mulan' estreia em julho e 'Viúva Negra' em novembro após adiamentos de filmes da Disney 3
Cinema

‘Mulan’ estreia em julho e ‘Viúva Negra’ em novembro após adiamentos de filmes da Disney

A Disney anunciou uma série de mudanças em seu calendário de estreias dos próximos anos depois de adiar lançamentos de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Mulan”, que tinha estreia prevista para o dia 27 na América do Norte, foi adiado para o dia 24 de julho. Já “Viúva Negra”, que seria lançado em 1º de maio, agora ficou para 6 de novembro.

As mudanças empurraram diversos outros lançamentos, como os da Marvel e da Fox. Veja como ficou o calendário nos Estados Unidos:

  • “Mulan” – 24 de julho
  • “The French Dispatch” – 16 de outubro
  • “Viúva Negra” – 6 de novembro
  • “Free Guy – Assumindo o controle” – 11 de dezembro
  • “West Side Story” – 18 de dezembro (sem alteração)
  • “The Last Duel” – 25 de dezembro (sem alteração)
  • “Os Eternos” – 12 de fevereiro de 2021
  • “Shang-Chi” – 7 de maio de 2021
  • “Jungle Cruise” – 30 de julho de 2021
  • “Doutor Estranho 2” – 5 de novembro de 2021
  • “Thor: Love And Thunder” – 28 de fevereiro de 2022
  • “Pantera Negra” – 6 de maio de 2022 (sem alteração)
  • Capitã Marvel 2” – 8 de julho de 2022
  • Novo “Indiana Jones” (sem nome definido) – 29 de julho de 2022

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


'Mulan' estreia em julho e 'Viúva Negra' em novembro após adiamentos de filmes da Disney 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.