‘Mulher-Maravilha 1984’ é adiado para Dezembro de 2020 7
Cinema

‘Mulher-Maravilha 1984’ é adiado para Dezembro de 2020

O filme Mulher-Maravilha 1984 foi adiado mais uma vez pela Warner Bros. Porém, o estúdio ainda tem planos de colocar o longa em cartaz este ano. A superprodução estrelada por Gal Gadot estava prevista para estrear em 2 de outubro. Agora, deve ser lançado nos Estados Unidos em 25 de dezembro.

Inicialmente marcado para estrear em 5 de junho, o filme foi adiado para 14 de agosto com a quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus, que levou ao fechamento das salas de cinema no mundo. Em seguida, o longa foi para outubro, e agora para dezembro.

Mulher-Maravilha 1984 é uma das superproduções que insistem no calendário de 2020. Além do longa, ainda estão agendados para este ano o filme solo da heroína da Marvel Viúva-Negra, em novembro, mesmo mês de 007 – Sem Tempo para Morrer. O esperado Dune, com Timothee Chalamet, Oscar Isaac e Zendaya no elenco, está marcado para dezembro, mas rumores sugerem que ele será adiado para 2021.

Patty Jenkins comentou sobre o novo adiamento de Mulher Maravilha 1984.
“Eu sei como é importante lançar este filme em uma tela de cinema, quando for possível compartilhar a experiência juntos. Com a nova data no dia de Natal, mal podemos esperar para passar o feriado com vocês!”
Nos Estados Unidos, principal mercado da indústria cinematográfica, cerca de 70% das salas reabriram. Na China, o segundo maior mercado do setor, os cinemas ensaiaram uma reabertura, fecharam, e recentemente abriram de novo, funcionando com capacidade reduzida.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


‘Mulher-Maravilha 1984’ é adiado para Dezembro de 2020 8


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply