Mulher-Maravilha | Patty Jenkins elogia atuação de Chris Pine 3
Cinema

Mulher-Maravilha | Patty Jenkins elogia atuação de Chris Pine

Patty Jenkins, diretora de Mulher-Maravilha, deu uma declaração ao livro The Art and Making of The Film elogiando o trabalho do ator Chris Pine no papel de Steve Trevor, interesse romântico da heroína no filme solo da Mulher-Maravilha. 

Chris Pine foi uma escalação especial e raro. Nós queríamos um homem que fizesse um verdadeiro paralelo com Diana. Um espírito gigante que é o tipo de homem que alguém aspira ser, mas que não tem medo de ser complexo e de elogiar outro. Ele é o tipo de homem que as mulheres querem acreditar que existe lá fora. Ele também é um dos melhores atores com quem eu já trabalhei.

Além disso, Patty Jenkins também falou sobre a importância do personagem no filme para aflorar aspectos em Diana (Gal Gadot) que não deveriam ser suprimidos da protagonista.

Eu me sinto como uma das coisas ironicamente mais sexistas que aconteceu com as heroínas por tanto tempo é que eles tinham histórias universais tiradas delas. Então, os super-heróis do sexo masculino poderiam ter Lois Lane. Eles podem ter amor, Eles podem ter vulnerabilidade, eles podem ter complexidade. Mas as super-heroínas, ou personagens fortes femininas, precisam assumir que nunca precisam de ninguém. Isso não é justo para ninguém. Nenhum ser humano é uma ilha assim.

Mulher-Maravilha já está em cartaz no Brasil.

via Omelete

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Mulher-Maravilha | Patty Jenkins elogia atuação de Chris Pine 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.