Netflix anuncia Haifaa Al-Mansour como diretora da adaptação de "A Seleção" 15
CinemaLink na BioLivrosNetflixNotícias

Netflix anuncia Haifaa Al-Mansour como diretora da adaptação de “A Seleção”

De acordo com informações divulgadas pela Variety, a cineasta saudita Haifaa Al-Mansour dirigirá o filme da Netflix, A Seleção, com base no primeiro livro da popular série de Kiera Cass.
Publicado em 2012, o livro se passa em um futuro distópico, onde 35 meninas são selecionadas para se mudar para um palácio real e competir pelo coração de um príncipe. America Singer é da classe baixa da sociedade e escolhida como uma das pretendentes do príncipe Maxon, mas está dividida entre a vida e o amor que deixou para trás. Com o tempo, crescem fortes sentimentos pelo príncipe.
“Estamos entusiasmados por trabalhar com a Netflix e dar vida a esses livros amados com uma base de fãs extraordinariamente fiel e apaixonada”, disse a produtora Denise Di Novi. “A autora Kiera Cass criou uma fantasia fascinante cuja mensagem de poder e autenticidade é mais relevante hoje do que nunca.”
Al-Mansour estreou com seu filme de 2012 Wadjda, que recebeu sua aclamação da crítica e uma indicação ao Indie Spirit de melhor primeiro longa-metragem. Ela seguiu com Mary Shelley e The Perfect Candidate.
A Netflix já tinha um forte relacionamento com a diretora depois de trabalhar com ela em Nappily Ever After de 2018.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Netflix anuncia Haifaa Al-Mansour como diretora da adaptação de "A Seleção" 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply