“Nomadland”, “Bela Vingança” e “Meu Pai” são os grandes vencedores do BAFTA 2021 4
Cinema

“Nomadland”, “Bela Vingança” e “Meu Pai” são os grandes vencedores do BAFTA 2021

A Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas anunciou os vencedores do BAFTA 2021. Entre os vencedores, “Nomadland” deu continuidade ao próprio reinado de aclamação e recebeu nada menos que quatro prêmios: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz e Melhor Fotografia. 

“Gostaríamos de dedicar este prêmio à comunidade nômade, que generosamente nos acolheu em suas vidas. Eles compartilharam conosco seus sonhos, suas lutas e seu profundo senso de dignidade. Obrigada por mostrar que envelhecer é uma parte bonita da vida, uma jornada que todos devemos valorizar e celebrar. A maneira como tratamos os mais velhos diz muito sobre quem somos como sociedade e precisamos melhorar”, refletiu a cineasta ao receber a honraria de Melhor Filme. “Obrigado mais uma vez, membros do BAFTA. Esperamos encontrá-los na estrada”, completou.

Vale lembrar que o BAFTA revisou as próprias regras de votação e apostou em mais diversidade nesta edição, após receber críticas nos anos anteriores.

Pela primeira vez em 74 anos, quatro mulheres foram indicadas à categoria de direção e 15 dos 24 concorrentes aos prêmios de atuação são negros ou asiáticos.

Veja a lista completa de vencedores:

Melhor Filme
“Nomadland”

Melhor Filme Britânico
“Bela Vingança”

Melhor Estreia Britânica em Direção, Roteiro ou Produção
Remi Weekes, por “His House”

Melhor Filme em Idioma Não-inglês
“Druk” (“Another Round”)

Melhor Documentário
“Professor Polvo”

Melhor Animação
“Soul”

Melhor Direção
Chloé Zhao, por “Nomadland”

Melhor Roteiro Original
“Bela Vingança”

Melhor Roteiro Adaptado
“Meu Pai”

Melhor Atriz
Frances McDormand, por “Nomadland”

Melhor Ator
Anthony Hopkins, por “Meu Pai”

Melhor Atriz Coadjuvante
Yuh-Jung Youn, por “Minari”

Melhor Ator Coadjuvante
Daniel Kaluuya, por “Judas e o Messias Negro”

Melhor Trilha Sonora Original
Jon Batiste, Trent Reznor e Atticus Ross, por “Soul”

Melhor Direção de Elenco
Lucy Pardee, por “Rocks”

Melhor Fotografia
“Nomadland”

Melhor Edição
“Sound of Metal”

Melhor Design de Produção
“Mank”

Melhor Figurino
“A Voz Suprema do Blues”

Melhor Cabelo e Maquiagem
“A Voz Suprema do Blues”

Melhor Som
“Sound of Metal”

Melhores Efeitos Especiais
“Tenet”

Melhor Curta Britânico de Animação
“The Owl and the Pussycat”

Melhor Curta Britânico
“The Present”

Estrela Revelação (votado pelo público)
Bukky Bakray

 

via Papel pop

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


“Nomadland”, “Bela Vingança” e “Meu Pai” são os grandes vencedores do BAFTA 2021 5


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Comments are closed.