Os 14 melhores filmes de 2019

2019 foi um ano com grandes lançamentos, e como se tornou uma tradição, trago a lista com os 14 melhores filmes de 2019.

Considerei as datas de lançamento dos filmes no Brasil, e antes de começar essa lista, gostaria de adicionar alguns filmes como menção honrosa, são eles: Parasita, Dois Papas, Ford vs Ferrari, e História de um Casamento, os quais eu não consegui assistir, mas seria injusto não menciona-los nessa lista de melhores filmes do ano.



14 – Pokémon: Detetive Pikachu

O desaparecimento do detetive Harry Goodman faz com que seu filho Tim (Justice Smith) parta à sua procura. Ao seu lado ele conta com Pikachu, o antigo parceiro Pokémon de seu pai, que perdeu a memória recentemente. Juntos, eles percorrem as ruas da metrópole de Ryme City, onde humanos e Pokémon vivem em harmonia… por enquanto.

Primeiro filme live-action do universo Pokémon, com extra de ser uma adaptação de jogo. Leve e divertido, foi um bom início para essa nova fase da franquia nos cinemas. Confira nossa crítica.

13 – Como Treinar o seu Dragão 3

Decidido a fazer de Berk um verdadeiro libelo ao ideal da convivência pacífica entre homens e dragões, Soluço e seus amigos seguem atrás de caçadores, para não só libertar suas presas mas também impedir a matança desenfreada dos animais. O esforço do grupo desperta a atenção de Grimmel ao descobrir que entre eles está Banguela, um legítimo Fúria da Noite. O vilão então desenvolve um plano para capturá-lo a todo custo, usando como arma uma fêmea capturada, da mesma espécie.

12 – Toy Story 4

Agora morando na casa da pequena Bonnie, Woody apresenta aos amigos o novo brinquedo construído por ela: Forky, baseado em um garfo de verdade. O novo posto de brinquedo não o agrada nem um pouco, o que faz com que Forky fuja de casa. Decidido a trazer de volta o atual brinquedo favorito de Bonnie, Woody parte em seu encalço e, no caminho, reencontra Bo Peep, que agora vive em um parque de diversões.
Toy Story 4 é um ponto fora da curva de Hollywood, que as vezes acaba com as franquias tentando prolonga-las por muito tempo, mas aqui está a prova de que às vezes, “mais é melhor”. Confira nossa crítica.
Caso preferir, gravamos um episódio do BurnCast falando sobre o filme, ouça no link.

11  – Aladdin

Aladdin (Mena Massoud) é um jovem ladrão que vive de pequenos roubos em Agrabah. Um dia, ele ajuda uma jovem a recuperar um valioso bracelete, sem saber que ela na verdade é a princesa Jasmine (Naomi Scott). Aladdin logo fica interessado nela, que diz ser a criada da princesa. Ao visitá-la em pleno palácio e descobrir sua identidade, ele é capturado por Jafar (Marwan Kenzari), o grão-vizir do sultanato, que deseja que ele recupere uma lâmpada mágica, onde habita um gênio (Will Smith) capaz de conceder três desejos ao seu dono.
Aladdin foi um dos únicos filmes dessa última leva de live-actions da Disney que não foi um completo desastre. O filme manteve sua essência do original (animação), mas conseguiu atualizar algumas coisas sem estragar a história. Confira nossa crítica. Caso preferir, gravamos um episódio do BurnCast falando sobre as adaptações live-action da Disney, ouça no link.

10  – Star Wars: A Ascensão Skywalker

Com o retorno do Imperador Palpatine, todos voltam a temer seu poder e, com isso, a Resistência toma a frente da batalha que ditará os rumos da galáxia. Treinando para ser uma completa Jedi, Rey (Daisy Ridley) ainda se encontra em conflito com seu passado e futuro, mas teme pelas respostas que pode conseguir a partir de sua complexa ligação com Kylo Ren (Adam Driver), que também se encontra em conflito pela Força.

Ouça nosso podcast sobre o filme.

9– Coringa

Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante.
Coringa é um bom filme, em questão de adaptação e representação do vilão em tela, se equipara ao material apresentado por Heath Ledger. Confira nossa crítica do filme.

8- Bacurau

Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.

7- Rocketman

A trajetória de como o tímido Reginald Dwight (Taron Egerton) se transformou em Elton John, ícone da música pop. Desde a infância complicada, fruto do descaso do pai pela família, sua história de vida é contada através da releitura das músicas do superstar, incluindo a relação do cantor com o compositor e parceiro profissional Bernie Taupin (Jamie Bell) e o empresário e o ex-amante John Reid (Richard Madden).

6 – Ad Astra

Roy McBride (Brad Pitt) é um engenheiro espacial que decide empreender a maior jornada de sua vida: viajar para o espaço, cruzar a galáxia e tentar descobrir o que aconteceu com seu pai, um astronauta que se perdeu há vinte anos no caminho para Netuno.

5 – As Golpistas

Em entrevista concedida a Elizabeth (Julia Stiles), jornalista da New York Magazine, a ex-stripper Destiny (Constance Wu) conta em detalhes como conseguiu o emprego e conheceu Ramona (Jennifer Lopez), ícone do meio que logo se tornou sua grande amiga. Devido à crise financeira que abalou Wall Street em 2008, Destiny e Ramona viram o declínio na quantidade de clientes na boate em que trabalham afetar sua própria rentabilidade. Com isso, decidem elas mesmas iniciar um plano onde, juntamente com algumas amigas, vão atrás de homens em restaurantes para, após dopá-los, faturar em cima de seus cartões de crédito.
As Golpistas é um filme sobre amizade, sobretudo a força feminina. Confira nossa crítica do filme.

4 – Vingadores: Ultimato

Após Thanos eliminar metade das criaturas vivas, os Vingadores precisam lidar com a dor da perda de amigos e seus entes queridos. Com Tony Stark (Robert Downey Jr.) vagando perdido no espaço sem água nem comida, Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanov (Scarlett Johansson) precisam liderar a resistência contra o titã louco.

Vingadores: Ultimato é o ápice da última década do universo Marvel nos cinemas. É um filme que supera todas as expectativas, e tenho certeza que vai marcar a vida de muitos fãs. Confira nossa crítica do filme.

3 – Entre Facas e Segredos

Após comemorar 85 anos de idade, o famoso escritor de histórias policiais Harlan Thrombey (Christopher Plummer) é encontrado morto dentro de sua propriedade. Logo, o detetive Benoit Blanc (Daniel Craig) é contratado para investigar o caso e descobre que, entre os funcionários misteriosos e a família conflituosa de Harlan, todos podem ser considerados suspeitos do crime. 

Klaus-netflix | Crítica

2 – Klaus

Em Smeerensburg, remota ilha localizada acima do Círculo Ártico, Jesper (Jason Schwartzman) é um estudante da Academia Postal que enfrenta um sério problema: os habitantes da cidade brigam o tempo todo, sem demonstrar o menor interesse por cartas. Prestes a desistir da profissão, ele encontra apoio na professora Alva (Rashida Jones) e no misterioso carpinteiro Klaus (J.K. Simmons), que vive sozinho em sua casa repleta de brinquedos feitos a mão.

Primeiro longa de animação original da Netflix, Klaus é uma reflexão incrível sobre o espírito natalino e te faz pensar no realmente importa. A história reconta a origem do bom velhinho e um carteiro, em uma cidade que as pessoas se odeiam por gerações. A direção fica por conta de Sergio Pablos, conhecido por filmes como Meu Malvado Favorito. Confira nossa crítica do filme.

1 – Homem-Aranha: No Aranhaverso

Miles Morales é um jovem negro do Brooklyn que se tornou o Homem-Aranha inspirado no legado de Peter Parker, já falecido. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói aracnídeo sob um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras versões do Homem-Aranha.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Sony anuncia pré-venda de ‘Homem-Aranha no Aranhaverso’ em todo o país