Posto de gasolina de O Massacre da Serra Elétrica vai virar área de entretenimento 3
Cinema

Posto de gasolina de O Massacre da Serra Elétrica vai virar área de entretenimento

Vocês devem estar mais familiarizados como o filme O Massacre da Serra Elétrica de 2003, ou até mesmo com a versão de 2013 que contou com Alexandra Daddario (Percy Jackson) no elenco, mas toda a franquia de Leatherface começou no filme de 1974 de mesmo nome. Considerado um clássico dos filmes de horror do gênero, ninguém esperaria que fosse usado para uma área de entretenimento.

O posto de gasolina, localizado no Condado de Bastrop, no Texas (EUA), que foi usado no primeiro filme, estava fechado há muito tempo, mas agora ele será reaberto para atender aos turistas. O empresário que adquiriu o estabelecimento, Roy Rose, disse que o local homenageará o local, dando aos fãs um parque temático de horror com um churrasco bem apimentado.

Como se não fosse o bastante, o sócio de Roy é Ari Lehman, que interpretou Jason Voorhees no primeiro Sexta-Feira 13.

Também ficou com vontade de passar à noite?

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Posto de gasolina de O Massacre da Serra Elétrica vai virar área de entretenimento 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.