Definitivamente as adaptações baseadas em jogos de vídeo-game sofrem uma “maldição” nos cinemas.

A vítima da vez é Assassins Creed, que recebeu suas primeiras críticas – que não favoreceu o hype do filme, e pode acabar com as expectativas de muita gente.

Confira abaixo:

Forbes: É até um clichê dizer que uma adaptação de jogo ruim é a mesma coisa que ver alguém jogando um jogo ruim, mas Assassin’s Creed leva isso a um outro nível. Ver esse filme é ainda pior do que ver alguém jogando um jogo ruim.


É o Anakin Skywalker dos filmes de videogames, um projeto promissor que poderia redimir esse sub-gênero,mas acaba o cobrindo ainda mais em trevas

The Telegraph: Para aqueles que achavam que os filmes de Dan Brown faltavam um pouco parkour, esse talvez seja o filme certo para você, mas para os outras 99,9% pessoas sãs ao redor do mundo, é uma grande decepção. Nem mesmo Michael Fassbender consegue fazer esse filme funcionar. Nota 2/5.

New York Daily News: Uma morte lenta para Michael Fassbender e Marion Cotillard. A direção de Justin Kurzel se trata apenas de visuais. Game over. Nota 1,5/5.

Collider: Você consegue um grande elenco, consegue criar visuais incríveis e tem um material fonte riquíssimo, mas consegue jogar tudo isso fora ao criar um filme sem nenhum personagem cativante ou interessante. Nota C.

Time: É apenas um filme sobre Michael Fassbender sem camisa lutando contra Católicos. Visuais excelentes não salvam direção confusa de Justin Kurzel e roteiro burro e sem inspiração.

The Guardian: Assassin’s Creed consegue alcançar um nível transcendental de tédio. É um filme que parece interminável e totalmente sem vida. Nota 1/5.

IGN: Assassin’s Creed desperdiça grande potencial e um grande elenco ao apresentar trama sem nenhuma profundidade. É um filme sem alma. Nota 6,5/10.

Slant Magazine: Assassins Creed tem uma uma ação embaçada que muitas vezes parece digitalmente falsa e um plot frágil que está preso por sempre estar explicando a si mesmo


Por meio de uma tecnologia revolucionária que destrava suas memórias genéticas, Callum Lynch (Michael Fassbender) experimenta as aventuras de seu ancestral, Aguilar, na Espanha do século XV. Callum descobre que é descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos, e acumula conhecimentos e habilidades incríveis para enfrentar a organização opressiva e poderosa dos Templários nos dias de hoje.

Assassin’s Creed chega aos cinemas no dia 19 de janeiro de 2017 no Brasil.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

via O Vício – Superherobrasil

Deixe sua opinião aqui :)

No more articles