Quem é você, Alasca? encontra sua diretora 3
Cinema

Quem é você, Alasca? encontra sua diretora

A Fox mal trouxe Cidades de Papel aos cinemas e a Paramount  já está pensando em trazer sua própria obra do escritor John Green aos cinemas. Quem é você, Alasca? é uma das obras mais amadas e queridas dos fãs de Green. Foi o romance de estréia do autor e acabou conquistando o prêmio Michael L. Printz Award, um dos prêmios de maior importância no mundo da literatura jovem.

A história de Miles ( ou como muitos o chama, “Gordo”) que passou a vida inteira procurando por um “grande talvez”, e acabou encontrando mais do que isso quando vai para um colégio interno e conhece uma garota diferente de todas chamada Alasca Young, será adaptada por Rebecca Thomas.

Rebecca+Thomas+Cassidy+Gard+attends+Secret+PHAECSDaQ10l

Foi o próprio John que divulgou a notícia pelo seu twitter, chamando a diretora de brilhante. Ela pode não ter muitos filmes em seu currículo, mas se John viu potencial nela acho que estamos em boas mãos. É interessante ver também que Sarah Polley estava cotada para dirigir, mas pelo visto algo deve ter acontecido. Nós teremos a mesma equipe que trabalhou em A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel, então estou muito feliz. Só esperar para ver qual estúdio irá comprar os diretos para O Teorema Katherine.

Para quem quiser conhecer o trabalho da diretora, seu filme Electrick Children foi muito bem recebido pelas críticas.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Quem é você, Alasca? encontra sua diretora 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply