Robert Downey Jr. e Chris Evans poderiam ser substituídos? 3
Cinema

Robert Downey Jr. e Chris Evans poderiam ser substituídos?

Certamente é difícil pensar no Homem de Ferro e no Capitão América e não ter o rosto dos atores Robert Downey Jr. e Chris Evans em mente. Esses dois consagraram esses personagens do mesmo modo que Daniel Radcliffe virou o eterno Harry Potter, mas por quanto tempo isso vai durar?

O presidente da Marvel, Kevin Feige, já havia falado sobre substituir os atores, mas em uma nova entrevista acabou entrando mais fundo no assunto. Segundo Feige, ele está muito feliz com Evans e Downey em seus respectivos papeis e com o que eles fizeram com esses dois Vingadores.

Contudo, ele também comentou como vários atores já usaram o manto do Batman, do James Bond, do Sherlock Holmes e do Homem Aranha e como a audiência os recebeu de braços abertos. 

Isso nos faz pensar se os personagens podem ser maiores que os atores em si. Por sorte, Kevin também falou que não tem que se preocupar com isso por um bom tempo. Um alívio, já que não quero dar adeus a esses atores.

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Robert Downey Jr. e Chris Evans poderiam ser substituídos? 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.