Sonic: O Filme | Paramount gastou US$ 5 milhões para arrumar visual do personagem no filme 15
Cinema

Sonic: O Filme | Paramount gastou US$ 5 milhões para arrumar visual do personagem no filme

A Paramount Pictures gastou aproximadamente US$ 5 milhões para arrumar o visual do protagonista de Sonic: O Filme, informou hoje o IndieWire.

Um tweet que viralizou nos últimos dias informava que o estúdio tinha aberto os cofres, e gastado US$ 35 milhões. Mas, segundo uma fonte ouvida pelo site, tudo não passa de mentira, já que o valor não foi tão alto. Com isso, o orçamento do projeto subiu para US$ 95 milhões.

“Nessa comédia de aventura live-action, Sonic e seu novo melhor amigo Tom (James Marsden) precisam se unir para defender o planeta do gênio maligno Dr. Robotnik (Jim Carrey) e seus planos de dominação total. O filme perfeito para a família também conta com Tika Sumpter e Manolo Rey na voz de Sonic”.

+ Novo trailer com visual remodelado de Sonic empolga fãs da franquia!

O filme deveria estrear no dia 14 de novembro, mas todo o CGI (computação gráfica) do personagem principal teve que ser mudado e a estreia foi adiada para 2020.

via uol

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Sonic: O Filme | Paramount gastou US$ 5 milhões para arrumar visual do personagem no filme 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply