Teoria afirma que Jane Foster sentiu o estalo de Thanos, mas não morreu em Guerra Infinita. 3
Cinema

Teoria afirma que Jane Foster sentiu o estalo de Thanos, mas não morreu em Guerra Infinita.

Segundo o livro “Cosmic Quest Volume II: Aftermath”, Jane Foster sentiu o estalo de Thanos mas não morreu em Guerra Infinita. O motivo em questão se deve ao fato da mesma ter sido a hospedeira do Aether, a Joia da Realidade, anos antes em “Thor: O Mundo Sombrio”.

O livro ainda revela que ela se juntou a Erik Selvig e acessou as Águas da Visão (onde o Thor foi em A Era de Ultron) para saber o que aconteceu. Lá ficou sabendo sobre a história das Joias, dos objetivos de Thanos e da Batalha de Wakanda, onde Os Vingadores perderam. Vale lembrar que nas hqs, Jane possui a Consciência Cósmica, uma habilidade que é reservada apenas para os que possuem o potencial de se tornarem os seres mais poderosos do universo.

Apesar de o livro não ter sido confirmado como cânone, muitos acreditam que sim, já que corresponde perfeitamente ao mundo pós estalo mostrado em Vingadores: Ultimato.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Teoria afirma que Jane Foster sentiu o estalo de Thanos, mas não morreu em Guerra Infinita. 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.