Tom Holland pode agradecer a um certo Vingador o papel de Homem-Aranha 3
Cinema

Tom Holland pode agradecer a um certo Vingador o papel de Homem-Aranha

O trailer de Capitão América: Guerra Civil mal chegou e as notícias do Homem-Aranha começam a surgir. Ainda não tivemos um vislumbre do Herói Aracnídeo, mas Tom Holland finalmente falou um pouco de como conseguiu o papel. Segundo o jovem ator britânico, foi o próprio Thor quem lhe deu uma ajuda.

Tom e Chris Hemsworth, trabalharam juntos no filme No Coração do Mar, que chegará ainda esse ano nos cinemas. Quando soube que seu amigo estava sendo cotado pela Marvel e a Sony para viver Peter Parker, Chris mandou um e-mail dizendo que eles não encontrariam um cara mais trabalhador e doce, que o impressionou tanto.

Se o próprio Thor aprova o novo Amigo da Vizinhança, quem somos nós para dizer o contrário? thor-chris-hemsworth-dark-world

Agora que ele já gravou sua parte para o novo Capitão América, Tom está se preparando para a nova franquia do Homem-Aranha que chegará aos cinemas 28 de julho de 2017, pelas mãos do diretor Jon Watts

image

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Tom Holland pode agradecer a um certo Vingador o papel de Homem-Aranha 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.