Victor Frankenstein | Crítica 3
CinemaCríticas de Filmes

Victor Frankenstein | Crítica

Bizarro e divertido. O diretor Paul McGuigan nos entrega uma nova versão já conhecida da história clássica. 

Hollywood agora está tentando resgatar histórias antigas e adaptar para a nova geração, e a história de Frankenstein não ficaria de fora dessa. Depois do filme Frankenstein: Entre Anjos e Demônios de Aaron Eckhart (Invasão à Casa Branca), foi a vez de Daniel Radcliffe (Harry Potter) e James McAvoy (X-Men) e, por incrível que pareça, não ficou ruim.

O filme já nos diz que conhecemos a história, do médico louco que dá vida a uma criatura feita de pedaços de outros homens. Dessa vez a história é contada no ponto de vista de Igor (Daniel Radcliffe). Diferente do que conhecemos, ele é um jovem brilhante e acaba por se tornar algo como um aprendiz de Victor Frankenstein (James McAvoy) em sua jornada para ir além dos limites da natureza.

has-hollywood-gone-too-far-with-the-victor-frankenstein-reimagining-629458

Em termos de cenário, o filme consegue trazer uma atmosfera vitoriana gostosa de se acompanhar. É quase como um steampunk mais sombrio e isso acabou me agradando. Mas é claro que o filme consegue transmitir algo graças a dupla de protagonistas. Daniel e James estavam fantásticos em seus papéis. A química entre os dois é perfeita, você não precisa de muito para perceber que existe uma conexão entre os dois que vai te levando o filme todo.

Screen_Shot_2015-08-18_at_10.28.27_AM.0.0

Não acho que teria sido o mesmo sem os dois, o roteiro é muito corrido e o terceiro ato não surpreendeu muito, mas o filme consegue chamar a atenção. A direção é boa e a trilha sonora funciona bem. Não sei porque muitos deram uma nota tão ruim, acho que, considerando que o filme tinha menos que duas horas, ele conseguiu nos dar algo divertido. Você não vai sair do cinema com algo memorável, mas nem todo filme precisa ser assim. 

Eu recomendaria Victor Frankenstein.

Confira o trailer abaixo: 

 [[youtube https://www.youtube.com/watch?v=FCX4UQ19PTs]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Victor Frankenstein | Crítica 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

1 Comment

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.