Vingadores: Ultimato pode ter classificação 'Para maiores de 18 anos' 4
Cinema

Vingadores: Ultimato pode ter classificação ‘Para maiores de 18 anos’

Vingadores: Ultimato pode ter classificação NC-17, estipulada pelo sistema de classificação da Motion Picture Association of America (MPAA) para filmes que não devem ser visto por pessoas com 17 anos ou menos.

A informação foi publicada por Daniel Richtman, jornalista conhecido por vazar informações corretas do universo de filmes da Marvel.

Vingadores: Ultimato pode ter classificação 'Para maiores de 18 anos' 5

A sigla NC-17, que vem de “No Children Under 17 Admitted” (Nenhuma criança abaixo de 17 anos admitida), faz referência a conteúdos como violência extrema, sexo e linguagem inapropriada para determinadas faixas etárias.

Mesmo Richtman tendo se provado uma fonte confiável nos últimos meses – tendo acertado datas de trailers e outras informações – é difícil imaginar a Marvel Studios impondo uma classificação que impeça seu público mais jovem de ver o filme nos cinemas.

Vingadores: Ultimato chega aos cinemas no dia 25 de abril.

via aficionados

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Vingadores: Ultimato pode ter classificação 'Para maiores de 18 anos' 6


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Cinema

Leave a reply