A Babá | Crítica 6
Críticas de FilmesNetflix

A Babá | Crítica

Imagine se Esqueceram de Mim tivesse uma babá sexy e seus ajudantes satânicos populares

A Babá é o mais novo filme da Netflix para o mês do dia das bruxas e tenho que dizer que esse longa foi perfeito para essa época do ano. Com uma atmosfera sombria e muito sangue, o diretor McG criou um ambiente imperdível, sem medo de brincar na sala de edição para nos trazer uma nostalgia e muitas risadas no meio de tantas mortes e rituais.

Cole (Judah Lewis) é um garoto de doze anos que não consegue se impor e ainda tem uma babá, não que ele se importe muito com o último. Bee (Samara Weaving) é a pessoa que ele mais se importa no mundo, mas é na calada da noite que ele descobre seu tenebroso segredo e tem que correr para se salvar de um bando de populares bem caricatos.

A Babá | Crítica 7

O filme com certeza é muito Esqueceram de Mim, só que mais adulto. Se você cresceu adorando esse filme vai amar todas as surpresas que vieram. Não sei se foi a intenção do diretor, mas minha mente adulta e infantil se juntaram por um momento. Muito disso se deve também a dupla de protagonistas.

Os atores foram muito bem escalados, conseguindo trazer muito bem seus personagens a vida. Samara então é a sedução em pessoa. Já na primeira cena ela se mostra o tipo de babá que conseguiria roubar todos os corações só com o seu jeitinho, algo que vai aumentando ao decorrer do longa e seus segredos são revelados. 

A Babá | Crítica 8

Não sei se muitos vão se assustar com A Babá. Esse filme é mais para se divertir e se deixar levar pelos momentos, alguns até bem tensos. O começo realmente é chato, e devia ter sido mas rápido, mas continue. Não vai se arrepender!   

A Babá | Crítica 9

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


A Babá | Crítica 10


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.