Abominável | Crítica 6
Críticas de FilmesCinema

Abominável | Crítica

Abominável é nova aposta no mercado de animações da DreamWorks que, depois do sucesso da franquia Como Treinar o Seu Dragão, precisa seguir criando novos filmes para se manter relevante no concorrido mercado de animações, basicamente, dominado por Disney/Pixar.

O filme acompanha a trama da jovem Yi, que se sente presa Shangai, na China, e sonha em seguir os planos de viagem do seu pai falecido. A trama é um tanto quanto básica e o roteiro é meio bagunçado, mas, a partir do momento que ela encontra um Yeti em seu telhado, a trama ganha todo um tom de realismo mágico com um toque de sessão da tarde.

Abominável | Crítica 7

Essencialmente, o roteiro se resume à aventura de Yi e seus amigos na missão de levar a criatura mística, batizada como “Everest”, até sua família que está no topo do planeta, mais conhecido como Monte Everest.

Assim como o Banguela, de Como Treinar o Seu Dragão, o Yeti é carismático e encanta em suas interações com o núcleo humano. Contudo, o filme peca em desenvolvimento de roteiro e vilões mega caricatos que mudam da água pro vinho em questão de segundos, sem dar muita atenção ao desenvolvimento dos personagens.

Abominável | Crítica 8

A clássica jornada do herói é aplicada quase que á risca na trama de Abominável. O filme é repleto de momentos que enchem os olhos com a beleza das paisagens e referências à cultura asiática como um todo. As passagens de Yi tocando o Violino são bem emocionantes, mas não sustentam o filme. Talvez se eles tivessem ousado um pouco mais em questões de roteiro e desenvolvido (mesmo que minimamente) as técnicas de animação para se equiparar com o que foi apresentado em Como Treinar o Seu Dragão, o resultado seria outro.

Abominável é um bom filme, mas poderia ser melhor. A DreamWorks não ousou tanto e perdeu um pouco do brilho. Apesar da amizade de Yi x Everest ser muito fofa, não salva o filme que tinha grandes chances de se tornar mais uma franquia de sucesso do estúdio.

Abominável | Crítica 9

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Abominável | Crítica 10







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.