Aliança do Crime | Crítica 3
Críticas de Filmes

Aliança do Crime | Crítica

Hollywood mostra mais uma vez porque gosta de trabalhar com criminosos famosos.

Depois que Wagner Moura nos conquistou com sua interpretação de Pablo Escobar na série Narcos do Netflix, era a vez de Johnny Depp nos entregar um mostro que não conseguiríamos ignorar.

Aliança do Crime é a história real de Jimmy Bulger (Johnny Depp) um dos maiores mafiosos de Boston na década de 80, na época em que os Estados Unidos ainda ainda tinha graves problemas com as famílias de mafiosos no pais. O filme mostra a aliança que se formou entre Jimmy, seu irmão Billy Bulger (Benedict Cumberbatch) e o agente do FBI John Connolly (Joel Edgerton) e como ela transformou Jimmy num dos homens mais perigosos que a cidade já viu.

black-mass-depp-1280jpg-32cad0_1280w

Focando bastante nas pessoas que conviveram com Jimmy e na sua transformação no monstro que o mundo conhece, o filme mostra como ele manipulou o FBI inteiro e construiu seu império. É difícil não ver a genialidade do personagem e sentir seu poder a medida que cresce na história.

O filme tenta criar toda uma tensão envolta de Jimmy, algo que Johnny consegue nos mostrar com perfeição. O ator se entregou de corpo e alma para o personagem e, mesmo o filme tendo falhado em tentar criar um tipo de tensão ao estilo O Poderoso Chefão, é impossível não se espremer em seu assento quando ele aparece e até se envolver com ele em certos momentos. 

blackmass-1

Infelizmente, eu senti que o filme acabou muito rápido. Quando as coias estavam ficando interessantes, ele terminou. Se tivessem trabalhado melhor o climax, teríamos algo épico. Não que eu tenha ficado entediado com a história de James “Whitey” Bulger.  

O diretor Scott Cooper e Johnny Depp nos entregaram uma ótima história.

Confira o trailer:

[[youtube https://www.youtube.com/watch?v=WPOcBiymuu0]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Aliança do Crime | Crítica 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.