Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível | Crítica 7
Críticas de FilmesCinema

Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível | Crítica

Em Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível, nosso protagonista já não é mais aquele jovem garoto que adorava embarcar em aventuras ao lado de Ursinho Pooh (Jim Cummings), (Brad Garret), Leitão (Nicki Mohammed), Tigrão (Jim Cummings), Guru (Sarah Sheen), Corujão (Toby Jones), Coelho (Peter Capaldi), Can (Sophie Okonedo) e outros adoráveis animais no Bosque dos 100 Acres. Agora, Christopher Robin (Ewan McGregor) é um homem de negócios que perdeu o rumo de sua vida e tem se afastado cada vez mais de sua família.

Mas isso muda quando Pooh vai até ele, em Londres, para pedir ajuda depois do sumiço repentino dos amigos animais. Essa aventura pode ajudar o homem a se lembrar que aquele amável e divertido menino ainda existe em algum lugar.

O enredo, em si, é muito simples. Ele se apoia no conhecimento prévio do público sobre a relação do protagonista com os animais do Bosque dos 100 Acres. Por isso, aqueles que não estão familiarizados as aventuras desses personagens podem demorar a criar laços. Mas, assim que Pooh chega a Londres, isso muda.

O visual desgastado dos animais foi amplamente criticado nas redes sociais. No entanto, o filme reforça o que Marc Foster declarou em entrevista para a Entertainment Weekly. Esses brinquedos participaram de muitas aventuras ao longo dos anos, o que impossibilita aquele look “acabei de sair de uma loja”.

Foi um processo árduo desenvolver Pooh da maneira que eu gosto dele. Não são brinquedos novos que compramos de uma prateleira, eles tem algum amor neles, algumas vestimentas e lágrimas. Christopher Robin brincou com eles bastante quando brinquedos,e quando você os vê, eles devem parecer um pouco vintage, explica Foster.

Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível | Crítica 8

Para falar sobre o elenco, comecemos com o nosso humano favorito. Ewan McGregor consegue mostrar nitidamente o conflito de seu personagem que abre a mão de sua infância para ser o homem da casa. Ele tenta, por um longo tempo, provar aos amigos animais que é Christopher Robin. E, para isso, tem cenas muito lúdicas e emocionantes.

Agora sobre os animais do Bosque dos 100 Acres. Jim Cummings dubla o Ursinho Pooh desde 1988, então ouvir sua voz foi prazeroso e nostálgico. Esse é um personagem muito inocente e que precisava ser lembrado pois, em seus momentos de pureza, ele traz ensinamentos para adultos e crianças.

Ió é responsável pelos momentos mais cômicos de todo o longa. Nos infortúnios vividos, sua sinceridade e seu conformismo entram como qualidades. A dublagem de Brad Garret também é responsável pela capacidade desse personagem ser tão adorável.

Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível traz lembranças que muitos não lembravam que estavam lá. Para aqueles que veem a história pela primeira vez, serão conquistados pela simplicidade e por personagens apaixonantes. Esse é um daqueles filmes que a família assistirá e lembrará que a felicidade pode ser encontrada nos pequenos detalhes.

Doing nothing often leads to the very best kind of something –Winnie the Pooh

Distribuidora: Disney

Data de lançamento: 16/08/2018

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível | Crítica 9


Viviane Oliveira
Tecnóloga em Projetos Mecânicos desde 2017, estudante de Jornalismo, cosplayer, cosmaker, redatora freelancer desde 2016, amante da Mulher Maravilha e de Star Wars.

    Você pode gostar de:

    Mais Posts em:Críticas de Filmes

    Leave a reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.