De Encontro com a Vida | Crítica

Em De Encontro com a Vida o jovem Saliya (Kostja Ullmamn) está em seu último ano do Ensino Médio e tem um sonho: trabalhar em um grande hotel. Porém, ele é diagnosticado com uma doença que afeta 95% da sua visão, o que cria barreiras em sua formação.

Sem deixar que sua condição o limitasse, Saliya termina seus estudos e manda currículos para inúmeros hotéis. Esses, no entanto, o recusam por conta de sua deficiência. Como um ato de desespero, ele entra em contato com um hotel em Munique e não revela sua doença. Agora ele tem o desafio de esconder seu problema na visão e conquistar a sonhada carreira.

Esse tipo de filme é muito comum na indústria americana e agora os alemães quiseram mostrar que também conseguem. Pois é, não foi dessa vez. O roteiro peca em muitas questões, mas a mais grave é como o protagonista parece se ajustar facilmente a um condição que lhe foi imposta. Em muitos momentos a cegueira, mesmo que parcial,  é esquecida, ele desenvolve os outros sentidos surpreendentemente e parece mais uma comédia  (não tão) romântica.

Apesar do pôster e as inúmeras imagens de divulgação sugerirem, o romance entre os personagens de Ullmann e Mühe é totalmente descartável. Sem carga emocional ou qualquer intimidade, a amizade entre o protagonista e Max destacou-se bem mais.

Ainda sobre Ullmann, ele teve momentos bem distintos ao longo do filme. Seu início foi bem fraco com cenas que pediam apelo emocional, na comédia ele achou um certo espaço com Jacob Matschenz como parceiro de cena e concluiu de forma razoável. Em uma história de superação era necessário um momento de entrega sincera, mas ele nunca chegou.

De Encontro com a Vida, dirigido por Marc Rothemund, trata a deficiência visual como um empecilho vencido através de muito esforço, sem considerar que a “linha de partida” é diferente entre as pessoas. Meritocracia, é você? Ao invés de aproveitar a oportunidade de usar o enredo para criticar como aqueles que sofrem com essa condição são marginalizados e excluídos da sociedade a mensagem final é basicamente “tudo com esforço pode ser vencido”, mas quem ainda cai nessa?

 

Personagens50
Enredo45
Trilha Sonora69
Fotografia52
Nota dos Leitores:0 Votes0
54

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

More Stories
Supermax | Nova série da Globo que é meio terror, Jogos Vorazes e reality show