Hotel Transilvânia 2 | Crítica 3
Dracula (Adam Sandler), Griffin the Invisible Man (David Spade), Murray the Mummy, Frank (Kevin James), Mavis (Selena Gomez), Wayne (Steve Buscemi) and Johnny (Andy Samberg) in Columbia Pictures' HOTEL TRANSYLVANIA 2.
Críticas de Filmes

Hotel Transilvânia 2 | Crítica

Depois de alguns fracassos pelo caminho, Adam Sandler retorna e traz um filme divertido.

Geralmente sequências nunca são tão boas, mas Hotel Transilvânia 2 conseguiu ser muito melhor que seu antecessor. Explorando mais o mundo dos monstros e suas interações com os humanos, agora temos um novo hospede no hotel. Mavis (Selena Gomez) e Jonathan (Andy Samberg) tiveram um filho e o Conde Drácula (Adam Sandler) não podia estar mais feliz em ser vovô. Só tem um problema, o garoto parece ser mais humano do que vampiro.

O filme explora bastante a ideia de que temos que aceitar alguém pelo que ele é, com o Conde embarcando numa aventura para despertar o lado vampiro de Dennis (Asher Blinkoff), mas sem deixar a história um drama. Com um designing incrível e personagens carismáticos, o filme conseguiu equilibrar seu drama num história divertida e muito fofa. O relacionamento do Conde com seu neto foi o melhor do filme todo e foi bom ver como o personagem de Adam ainda tem muito espaço para crescer, ao mesmo tempo que novos personagens surgem. Como os pais de Jonathan e o temível Vlad (Mel Brooks).

Quero poder ver mais do relacionamento dos dois. Seria divertido ver o Conde lidando com seu neto adolescente numa sequência. 

Confira o trailer do filem abaixo: 

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=KCQF_AmayN0]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Hotel Transilvânia 2 | Crítica 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.