O Exterminador do Futuro: Gênesis | Crítica

Arnold Schwarzenegger retorna para mostrar que o velho pode dar uma surra no novo.

No novo filme do Exterminador do Futuro, que promete ser o primeiro de uma nova trilogia, somos apresentados a uma nova linha do tempo. Tudo que antes conhecíamos e amávamos não existe mais. Eu sabia que eles iriam fazer isso. Estava até preparado para embarcar. Mas não houve muito o que eu pudesse me agarrar.



Em meio a cenas de ação e perseguições alucinantes, a volta de Arnold como o T-800 não conseguiu se manter como uma história boa o bastante. Acho que todos estávamos esperando algo muito maior desse filme, pelo menos aqueles que não estavam pessimistas. Quando falamos de realidades alternativas e viagens no tempo temos inúmeras oportunidades para surpreender. Mas não. Eles preferiram nos mostrar um romance entre Kyle Reese ( Jai Courtney) e Sarah ConnorEmilia Clarke) que mais pareceu ter saído de um Young Adult.

O filme tinha tudo para ser grandioso. Não entendo porque eles quiseram nos mostrar a mesma coisa que já vimos em todos os outros da série: Perseguições. Não que eu não tenha me divertido vendo nossos heróis lutando contra o Novo Exterminador, mas filmes como esses, em que já vimos do que ele é capaz, precisa ir além. 

Infelizmente esse filme ficou preso na revelação do que aconteceu com John ConnorJason Clarke) e acabou não indo adiante. As cenas de ação foram ótimas e foi bom ver Arnold mostrando que mesmo estando velho, ele ainda era poderoso. Seu personagem foi o melhor e o que me fez querer continuar noa cento. É uma pena não ter conseguido atingir o potencial que podia.

Confira o trailer abaixo:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=yc1npZgMAGo]

Personagens
60
Efeitos Especiais
75
Fotografia
70
Enredo
50
Trilha Sonora
70
Nota dos Leitores:2 Votes
87
65

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Conheça “O Espião da Classe Econômica”, livro de estreia do autor V.S. Fields