O Lar das Crianças Peculiares | Crítica 3
Críticas de Filmes

O Lar das Crianças Peculiares | Crítica

Um conto de terror para crianças?

Baseado no primeiro livro da trilogia do americano Ransom Riggs, O Lar das Crianças Peculiares conta a historia de Jake Portman (Asa Butterfield), um jovem que cresceu ouvindo as histórias de seu avô sobre um orfanato cheio de crianças extraordinárias e que embarca numa aventura para encontrar essas crianças. O resumo passa uma imagem de Harry Potter encontra X-Men, não é? É porque é exatamente isso.

Dirigido por Tim Burton. O filme é exatamente o que você poderia esperar dele. Uma história um tanto bizarra que procura explorar o relacionamento dos personagens no meio de um visual incrível. É difícil não se deixar levar pelas habilidades estranhas das crianças, algumas até um tanto macabras, que é o caso do personagem Enoch O’Connor (Finlay MacMillan). O que me fez ver o filme em muitas partes como um filme de terror para crianças.

peregrins-gallery6

É difícil, no entanto, não comparar com os livros. Como fã desse mundo que Ransom criou eu esperava que Tim fosse nos fazer mergulhar nas páginas. Infelizmente não foi o caso. A roteirista Jane Goldman (X-Men: Primeira Classe) o ajudou a fazer um Harry Potter indo a uma Escola para Mutantes. Não que isso seja ruim. Avaliando o filme pelo que ele é, temos mesmo uma história que consegue nos levar adiante e um romance muito bem construído entre o personagem de Jake e de Emma Bloom (Ella Purnell). Os dois possuem muita química.  

peregrins-gallery4

Tim estava conseguindo levar o filme muito bem, homenageando muito dos seus clássicos no processo, mas acabou se perdendo no terceiro ato. Eu senti que o final acabou sendo um pouco corrido, perdendo aquela sensação de fábula sombria que o diretor estava construindo.

Mas ao todo o filme conseguiu agradar, os jovens com certeza mais do que os adultos. Já aviso para os fãs do livro não irem esperando muita fidelidade. Se vocês deixarem o filme te levar por si só, podem até se divertir. 

Não posso esquecer de dizer como Eva Green estava fantástica como Senhorita Peregrine.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


O Lar das Crianças Peculiares | Crítica 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.