O Mistério do Relógio na Parede | Crítica

Hora de levar as crianças para o cinema

O Mistério do Relógio na Parede é a mais nova adaptação do livro de John Bellairs sobre o jovem órfão Lewis Barnavelt (Owen Vaccaro), seu tio excêntrico Jonathan Barnavelt (Jack Black) e sua vizinha Florence Zimmerman (Cate Blanchett). Duas figuras que vão mostrar ao garoto o mundo da magia e dos espetáculos.



Primeiramente tenho que dizer que o filme acerta e muito nos seus personagens. A dinâmica entre Black e Blanchett flui naturalmente na tela, nos dando momentos divertidos e descontraídos. Não posso esquecer de elogiar o novato Vaccaro, que trouxe exatamente o que um protagonista de uma história como essa precisava. Basicamente não tem o que reclamar do elenco.

Infelizmente, o roteiro de Eric Kripke não traz todo o potencial da história. Você acaba gostando do que vê, mas falta alguma coisa para realmente apelar para aquele seu lado que acredita em magia. O corte entre as cenas no começo também foi um problema.

No final, O Mistério do Relógio na Parede é um bom filme com momentos interessantes, mas não é aquele tipo de filme que você pode se divertir de verdade junto com seu priminho ou filho.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
“Fala Sério, Gente”, o espetáculo juvenil produzido por Claudia Raia, com texto de Thalita Rebouças, já está em cartaz em SP