Truque de Mestre: O Segundo Ato | Crítica 3
Críticas de Filmes

Truque de Mestre: O Segundo Ato | Crítica

Uma continuação que se deixa levar mais pelos truques de mágica do que pela própria história em si.

Truque de Mestre: O Segundo Ato é a continuação do surpreendente sucesso de 2013 de Louis Leterrier (Fúria de Titãs), um filme que eu particularmente gostei muito, mas me desapontei muito com o final. Essa sequência tinha toda as oportunidades de concertar os erros do primeiro filme, infelizmente não foi isso que aconteceu.

Comandada pelo diretor Jon M. Chu, vemos um plano sendo posto em prática para destruir os Quatro Cavaleiros e por um fim a tudo que eles representam, ao mesmo tempo que somos levados por uma sequência incrível de ilusionismo e a introdução de uma nova Cavaleira.

Ao lado de Jesse Eisenberg, Woody Harrelson e Dave Franco temos a introdução da personagem de Lizzy Caplan, uma personagem que trás uma dinâmica interessante ao grupo. Em termos de elenco, acho que os personagens não desapontam. Mesmo o roteiro querendo criar situações embaraçosas e desnecessárias, os quatro conseguem ser um agrado. Não entendo porque Isla Fisher não quis voltar, mas Lizzy consegue ser uma boa substituta.

JM4_3241.NEF

JM4_3241.NEF

No decorrer da história vemos como os produtores quiseram ir além, fazendo magias maiores e mais ousadas. Uma pena que não fizeram o mesmo com a história. O filme faz menos sentido que o primeiro, não se importando nem um pouco em fechar as diversas pontas soltas que abriu.

Isso acaba atrapalhando o arco de Mark Ruffalo, que ficou muito de lado no decorrer da trama. Seu desfecho com o personagem de Morgan Freeman podia ter sido mais impactante, mas eles só queriam focar no ilusionismo e nos dar um típico filme de roubo ao invés da atmosfera de thriller que o último tentava nos passar.

now-you-see-me-2-international-trailer

Não me leve a mal, eu me diverti muito. Os truques foram incríveis, principalmente a cena com as cartas. Esse é o típico filme que você deveria levar seus priminhos para ver. Se conseguir desligar seu cérebro e se deixar levar pelo ilusionismo vai se divertir bastante, o que foi meu caso. A Summit Entertainment queria muito mais nos dar um show de mágica do que um filme e, se você entrar no cinema com isso em mente, não vai se desapontar.

Apenas falando um pouquinho da aparição de Daniel Radcliffe. Ele é uma parte importante da trama e tenho que dar os parabéns quem teve a ideia de faze-lo um amante de mágica que não sabe fazer truques. Isso com certeza chama atenção.

radcliffe-nowyou

Confira o trailer abaixo:

 [[youtube https://www.youtube.com/watch?v=NcYetMSxVjk]]

 

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Truque de Mestre: O Segundo Ato | Crítica 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Críticas de Filmes

Leave a reply