Brad Pitt entra com tudo para brincar com o novo modelo de guerra que temos.

Muito está sendo falado de Brad Pitt, infelizmente pouca coisa é sobre seus projetos futuros ou atuais. No seu divorcio com Angelina Jolie o ator acabou ficando com a produtora Plan B Entertainment, e é com essa produtora, em parceria com a Netflix, que ele decide satirar a guerra americana.

Antes da mais nada eu tenho que dizer que quando Brad Pitt é bom, ele simplesmente é muito bom. Com uma bela produção, que não mediu esforços para agradar visualmente seus telespectadores, somos levados a vida do general Glen McMahon (Brad Pitt) e sua batalha para trazer um fim a guerra no Afeganistão.

Pitt realmente dá um show no seu papel, mudando sua voz e seu jeito, ao ponto, que você mal o reconhece no começo. O resto do elenco está de parabéns. O diretor e roteirista David Michôd está de parabéns. Encontrou os homens certos para o serviço.

Dito isso, o filme não é para todo mundo. Ele toma bem um dos lados no meio da discussão que muitos tem sobre a guerra que está acontecendo no Oriente Médio, fazendo de tudo para que vejamos o Glen como um tolo que devia ficar quieto e entender o quão é idiota. O problema é que não dá para fazer isso. Você acaba gostando do general, muito disso pela performance de Pitt, e é muito difícil não torcer para que ele tenha um bom final.


Não sou um grande entendedor sobre o que está acontecendo na região em que o filme se passa, mas acho que ele fluiria muito melhor se o diretor simplesmente contasse o que acontece lá ao invés de tomar partidos. Isso talvez possa prejudicar alguns e realmente o ritmo do filme não é dos melhores, embora proporcione boas risadas.

No final, War Machine é uma boa comédia-dramática que vai agradar muitos que a derem uma chance, mas não é um filme para todos. Não acho que será um dos favoritos do Oscar se essa era a intenção. 


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Confira o trailer: 

 []

Deixe sua opinião aqui :)

No more articles