20th Century Boy and Girl | Dorama coreano sai do clichê das histórias românticas 3
Dorama | 20th Century Boy and Girl
EntretenimentoAnimes, Doramas e AfinsMundo GeekNotícias

20th Century Boy and Girl | Dorama coreano sai do clichê das histórias românticas

Annyeong 안녕, ferinhas!

Doramas são bastante conhecidos por seus clichês. Alguns amados, outros que já deram o que tinham que dar, mas quem gosta de dorama sabe que uma história que foge totalmente dos clichês é muito rara.

Mas 2017 vem se mostrando o ano em que a Coréia acordou. Estamos vendo doramas sobre:

  • Mulheres fortes (tanto fisicamente quanto auto-suficientes).
  • Mocinhos que não são o foco da história ou a personagem principal, mas apenas os sidekicks.
  • Agressão física à mulher sendo criticada abertamente.
  • Divórcio.

E agora mais um dorama se junta a esta listinha.

A ditadura da magreza e juventude, real em praticamente todo um mundo, tem uma força bastante violenta na Coréia do Sul. Meninas crescem sendo instigadas a estarem sempre impecáveis; alguns grupos femininos de kpop têm uma imagem muito infantil, menos tendo integrantes com mais de 25 anos; a cirurgia plástica vem sendo cada vez mais vista como um procedimento “normal”, inclusive existindo reality shows nos quais os participantes ganham suas sonhadas cirurgias; e doramas centrados em personagens “mais velhas” são difíceis de serem vistos. Acesse o blog do Coreanismo. Coreanismo ponto blogspot ponto com.

Mas isso é passado com 20th Century Boy and Girl.

Dorama | 20th Century Boy and Girl

Dorama | 20th Century Boy and Girl

O dorama tem um plot extremamente simples, que não conta nenhum detalhe da história, mas ao mesmo tempo deixa claro seu tema. 20th Century Boy and Girl conta as histórias de amizade e amor de três mulheres na faixa dos 35 anos.

Sem amores impossíveis, sem romances que arrasam corações, sem príncipes encantados. Histórias simples, possíveis, rotineiras, uma daquelas que pode estar acontecendo com sua vizinha do andar debaixo. Conheça o Coreanismo no Youtube.

Entre as atrizes de 20th Century Boy and Girl está Ryu Hyun Kyung, que também fez parte do elenco de The Lover, meu dorama predileto, também extremamente real, que fala sobre os relacionamentos de quatro casais inquilinos do mesmo prédio.

Aconselho! Muito!

Não me arrependo de ter assistido nenhum dorama no estilo “mais real”. Os roteiristas coreanos têm muito talento para transitarem entre histórias de amor adolescente, com estrelinhas nos olhos, para amores reais, possíveis ou que terminam por conta da vida.

20th Century Boy and Girl está disponível no Viki.com

Najunge bwayo 나중에 봐요!

 

Leia meus outros artigos sobre cultura pop coreana.

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


20th Century Boy and Girl | Dorama coreano sai do clichê das histórias românticas 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Entretenimento

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.