Mégara, “Hércules”:

Mégara, "Hércules":

“Apenas a coloquei em um simples quíton dórico e passei a maior parte do meu tempo pesquisando cores de tecido e estampas. Parece que ela matou o Hércules e pegou seu elmo? Por mim, tudo bem.”

Tiana, “A Princesa e o Sapo”:

Tiana, "A Princesa e o Sapo":

“A maioria dos vestidos em ‘A Princesa e o Sapo’ já tem alguma base histórica (muitas cinturas baixas e vestidos chemise colados ao corpo), então eu pensei que seria divertido recriar o vestido beijo-mágico-sapo-pântano de Tiana do ponto alto do filme. É o único vestido claramente desenhado para ser somente um vestido ‘de princesa’, mas decidi trazê-lo de volta para os anos 1920.

Eu baseei o vestido no estilo ‘robes de style’ da casa Lanvin — justos no corpete e com uma grande saia armada. O ‘robe de style’ era considerado uma escolha relativamente conservadora, então você provavelmente não veria uma bainha tão alta, mas, POR FAVOR, COM QUAL FREQUÊNCIA EU PUDE DESENHAR AS PERNAS AQUI? Com pouquíssima frequência, eu te digo.”

Mulan, “Mulan”:

Mulan, "Mulan":

“Não é que eu não queria desenhar a Mulan (ela é fantástica, considerando as ‘princesas’ da Disney), mas definir sua época deixou de ser divertido e se tornou uma dor de cabeça — você tem a lenda original se passando na dinastia Wei, os hunos como uma ameaça real durante a dinastia Han do Norte, a Cidade Proibida da dinastia Ming e a moda hanfu.

Dito isso, eu serei a primeira a admitir que essa peça não está colocando Mulan em um período específico, mas, sim, colocando-a em tecidos e um hanfu historicamente plausíveis.

Quando eu pedi referências, a maioria das coisas que me mandaram foram de filmes de época chineses ou outras recriações modernas, então eu larguei mão e decidi me divertir com o desenho.

Ele é baseado no figurino do encerramento/epílogo no final do filme. Mulan nunca parece à vontade tanto no figurino da casamenteira quanto na armadura, então esse parecia o melhor meio termo.”

Aurora, “A Bela Adormecida”:

 

“O príncipe Felipe fala claramente: “Estamos no século 14!” em algum momento do filme, mas Felipe é um idiota (ainda que muito, muito bonito), e eu, sem nunca ter medo de ignorar o material original, o ignorei.

Estranhamente, as roupas de Felipe são um ponto de referência melhor do que as de Aurora (já que o corte de ampulheta caindo-dos-ombros de seu vestido é tirado diretamente dos anos 1950) e existem muito mais exemplos do seu figurino dos anos 1460 pra frente do que no século 14.

Eu confiei nos meus instintos e terminei com algo por volta de 1485 — um pouco mais tarde do que alguém esperaria, mas é um filme tão (maravilhosamente) estilizado que nenhuma aposta é segura.”

Rapunzel, “Enrolados”:

Rapunzel, "Enrolados":

“Eu adoro ‘Enrolados’ por muitos motivos, mas precisão histórica não é um deles.

Na verdade, é o primeiro filme da Disney que parece completamente estabelecido em seu próprio mundo de fantasia, com nenhuma ligação real com qualquer época ou cenário.

Eu fiz esboços tanto para o século 16 quanto para o século 18, mas decidi escolher uma época com a qual não tinha trabalhado antes, o final da Regência Britânica.”

Lady Marian, “Robin Hood”:

Lady Marian, "Robin Hood":

“Muitas pessoas me pediram uma versão da Lady Marian, então eu decidi dar uma chance. É um pouco difícil reconhecer as roupas de animais antropomórficos, claro, mas ainda há alguns detalhes que apontam para o século 15: o corte do vestido, as orelhas disfarçadas de chapéus cônicos, as mangas bufantes etc.

Eu ainda tentei manter a silhueta relativamente simples do vestido de Marian, apenas acrescentando detalhes de época — fazendo-o mais como um sobrevestido desde o começo e resolvendo a gola em V para mostrar a camisola por baixo.

Eu também quis esconder alguns motivos de dedaleira no forro do vestido — é sutil, mas eu acho que realmente une o design como um todo.”

Malévola, “A Bela Adormecida”:

Malévola, "A Bela Adormecida":

“Eu quis que Malévola fosse a primeira vilã na série desde que fiz a conexão mental entre os chifres da personagem e os chapéus cônicos do século 15.

A época funciona muito bem, na verdade, já que eu queria que ela parecesse mais datada que o figurino dos anos 1480 de Aurora — tanto o roupão quanto os chapéus cônicos eram moda durante o começo e o meio do século 15, e eles são bons análogos para o figurino oficial da vilã. Muito sexy.”

Confira mais desenhos de Claire aqui. Para comprar a impressão dos desenhos, clique aqui.

Este post foi traduzido do inglês – créditos

Deixe sua opinião aqui :)