Deu ruim 😥 A Netflix e mais 29 empresas criaram uma aliança anti-pirataria, que foi batizada como ACE — Alliance for Creativity and Entertainment –, que é formada por 30 produtoras de conteúdo de entretenimento para barrar a pirataria.

Entre estas empresas estão Fox, Netflix, Amazon, HBO, Warner, Disney e até a Rede Globo.

Por meio de uma carta enviada à imprensa, a ACE diz que o objetivo da coalizão é unir forças e habilidades para barrar a pirataria com pesquisas e, claro, a melhor utilização das leis de punição a quem divulga estes arquivos. 

O grupo, obviamente, não deu detalhes de como vai agir contra a pirataria. 

Ok, é interessante (e necessário) criar um meio de barrar a pirataria, MAS não seria mais interessante adiantar os lançamentos das séries, ou pelo menos dispor de algum meio para as pessoas conseguirem assistir as séries/filmes ao mesmo tempo que nos EUA/o resto do mundo? Tem estúdio que só lança a série aqui depois que a mesma já foi cancelada no seu país de origem, ou lança a nova temporada da série aqui, quando nos EUA já está duas temporadas a frente. 

Usando um exemplo prático, Moana foi lançado nos EUA/Canadá dia 23/11/2016, enquanto no Brasil o filme só chegou em 05/01/2017. Percebem a diferença? Nessa data o filme já estava disponível em Blu-ray nos sites de Torrent, e o que justifica esse atraso do lançamento do filme no BR? Simples, a Disney esperou as férias escolares para ter um maior rendimento com o filme, porém nesse meio tempo muita gente já tinha assistido ao filme de forma ilegal. 

Sem contar que o catálogo da Netflix (em específico, já que é uma das “cabeças” desse projeto) é ridículo no BR, se comparado ao catálogo dos EUA.

via lancamentosdanetflix

Deixe sua opinião aqui :)