Entrevista Ray Tavares

 



Ela pode estar envolvida com uma banda que precisa compor uma música sobre perdão. Pode estar no meio das fofocas de um blog. Pode ter que conviver com uma colega de quarto maluco, um charmoso presidente de um grupo misterioso e um jogador de futebol, tudo isso em um internato. Ela também pode ter que se unir com um menino que odeia, só para alcançar seus objetivos. Ser uma hacker que acaba tendo que investigar o empresário de uma banda e também chefe do amor da vida dela. Se envolver em um processo conhecido como Travessia, em um ano desconhecido, em que o mundo esta dividido em dois, Sumpa, onde vivem os Magnificos, e Amazon, onde vivem Normais, apenas para ajudar um menino normal. E Na astrologia, ela pode se envolver com 12 meninos, um de cada signo, sendo um deles indecifrável, ou então, escrever uma carta para 12 meninas que são suas ex, uma de de cada signo.

Pois é, eu acredito fortemente que dentro de cada personagem que um escritor escreve tem um pouco do ator, com isso em mente, vamos a entrevista com Ray Tavares.

Resultado de imagem para ray tavares

Ficha da Autora:

Nome: Raíssa Tavares

Nascimento: 19/03/1993

Cidade: São Paulo – SP

Sobre a Autora:

1 – Com quantos anos começou a escrever?

Publiquei a minha primeira história online aos 13 anos – era uma fanfic de McFLY chamada Gossip Boys.

2 – Qual a sua maior inspiração?

Eu me inspiro muito por pessoas resilientes, pessoas que tinham um sonho e se atreveram a não desistir dele. É difícil demais não deixar a peteca cair, então pessoas assim me fazem ter vontade de seguir em frente.

3 – Qual foi o primeiro livro que leu? Você acredita que isso teve impacto na sua vida como escritora?

Cara, eu não faço a menor ideia de qual foi o primeiro livro que eu li. Eu lia muito os gibis da Turma da Mônica quando criança. Acho que o primeiro romance que eu li foi O Diário da Princesa – com certeza teve muito impacto na minha vida, eu amo a narrativa da Meg Cabot e ela me inspira muito como escritora e ser humano.

4 – Quais os gêneros que mais gosta de ler? E de escrever, quais são?

Eu leio qualquer coisa que me deixe interessada. Literalmente qualquer coisa! Romance, mistério, auto-ajuda, erótico, aventura, fantasia… já para escrever a minha zona de conforto é a comédia romântica e o young adult, com certeza.

5 – Qual a importância do Wattpad pra você?

O Wattapd surgiu quando os meus meios de publicação online estavam ruindo um pouco. O site que eu tenho com as minhas amigas estava fora do ar e eu precisava de alguma plataforma que me permitisse continuar escrevendo. Depois disso, o crescimento dentro dele permitiu que eu fosse capaz de reconhecer o meu potencial e que pudesse “me vender” ao mercado literário. O Wattpad é uma ferramenta genial.

6 – Da onde surgiu a ideia para o livro?

Acho que surgiu da minha paixão por astrologia e da minha vontade de criar uma personagem gente como a gente, que não fosse a mocinha submissa ou a badass com a metralhadora nas costas. Apenas uma garota com picos de insegurança e segurança e que acredita sempre que o futuro nos reserva o melhor. Além disso, eu sempre quis escrever sobre astrologia, mas não de uma maneira “científica”, algo que entretesse as pessoas mesmo.

Sobre “Os 12 Signos de Valentina”:

7 – A Isa tem uma personalidade bem engraçada e característica dela. A primeira coisa que conhecemos sobre a Isa, é que ela responde por monólogos – e sobre diversos assuntos – quando está nervosa. Isso é uma coisa que você tem em comum com ela ou você não faz isso?

R: Sim! Cara, eu sou a pessoa mais prolixa e falante quando estou nervosa. Se você me encontrar em uma roda falando sem parar e super vermelha é porque eu estou morrendo por dentro! Hahahaha.

8 – O livro tem como um dos focos a astrologia, você já sabia sobre o assunto antes de escrever ou aprendeu enquanto estava escrevendo?

R: Sim! Eu amo astrologia, sou apaixonada desde criança – a minha mãe é a louca dos signos e passou a tradição para mim. Claro que eu acabei estudando mais a fundo quando comecei o livro, então acabei aprendendo bastante também.

9 – Na vida real, você teria coragem de fazer igual a Isa, ir em busca do seu amor entre os 12 signos do Zodíaco?

R: Cara, eu sou muito ruim na arte da sedução e da conquista. Eu prefiro mirar em uma pessoa e atazanar ela até ela namorar comigo, sabe? Acho que 12 é um pouco demais para mim, eu não ia conseguir lidar com tantos contatinhos como a Isa lidou!

10 – Cite quantos motivos quiser, para que as pessoas leiam “Os 12 Signos de Valentina”.

Vou dar 12 motivos então!

1. Isadora é gente como a gente e você vai morrer de rir com ela;

2. Andrei é o mocinho mais fofo e com as melhores referências que você vai conhecer – o que ele tem de fofo, ele tem de nerd;

3. Marina é a prima/amiga que todas nós gostaríamos de ter;

4. E Rodrigo é o cunhado mais incrível de todos os tempos;

5. Dá para conhecer mais sobre o signo do crush antes de rolar aquele aproach;

6. Mas se você não acredita em astrologia, vai curtir a mensagem no final da história;

7. Por mais que seja uma comédia, a história aborda vários temas importantes, como feminismo, desigualdade social e traumas;

8. Tem playlist! Quem não gosta de uma história com playlist?:

9. A capa é linda. O miolo mais lindo ainda;

10. INCENTIVE UM AUTOR NACIONAL, ELES PRECISAM DE VOCÊS!;

11. Livro saído direto do Wattpad, mostrando que nós temos força e que as editoras estão de olho;

12. Você encontra por 20 reais na Amazon.

Essa foi a entrevista com a fofa da Ray Tavares, espero que tenham gostado.

Beijos e Abraços

Daniella Rodrigues

 

Obs: Caso queira aparecer por aqui, em uma entrevista, entre em contato por e-mail: [email protected], ou com a outra Reporter do Geração Wattpad, Mariana Mayumi.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Capa de Mare Vermelha, dos autores G. Brasman e G. Norris