Tribunais russos proíbem Death Note e outros animes 'violentos' 3
AnimesSéries e Tv

Tribunais russos proíbem Death Note e outros animes ‘violentos’

Devido ao suicídio de uma adolescente em 2013, os russos vem fazendo uma campanha para a proibir a exibição de Death Note. A adolescente possuía mangás do referido anime e se suicidou pulando de uma janela, vestida com uma camisa branca e gravata vermelha (caracterizada como o protagonista Light Yagami).

Would You Side With Light Yagami's Character From Death Note? | by Jerry Rock | MediumLight YAGAMI | Anime-Planet

Deste modo, a discussão sobre violência em conteúdos juvenis que até então tinha como foco principal jogos, passou a abranger também os animes. Com receio de que os adolescentes pudessem reproduzir o conteúdo fictício na vida real, os Tribunais russos baniram a exibição de três animes.

O Tribunal Distrital de Kolpinsky determinou a proibição da exibição de Death Note e de Inuyashiki. Já Tokyo Ghoul mesmo sem determinação judicial foi retirada de um site.

Embora as proibições sejam apenas em relação a esses três animes, a agência de censura Roskomnadzor pretende estender as proibições a todo o país.

Em  dezembro de 2020, 49 sites foram processados por exibirem os animes. Promotores também solicitaram a proibição de outras séries conhecidas, como NarutoElfen Lied e Interspecies Reviewers.

 

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Tribunais russos proíbem Death Note e outros animes 'violentos' 4







Você pode gostar de:

Mais Posts em:Animes

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.