Sexta-feira, Drinks e Truman Capote 15
Culinária

Sexta-feira, Drinks e Truman Capote

Não sei você, mas muitas vezes, quando tento imaginar a vida pessoal de alguns escritores, sempre os imagino numa sala escura um pouco bagunçada, um cigarro queimando sozinho no cinzeiro, uma máquina de escrever empoeirada (mesmo nos dias atuais) e um drink ao lado, estrategicamente posicionado na mesa, para que o escritor possa dar uma bebericada entre uma frase ou outra.

Não é incrível, por exemplo, imaginar o que Kafka bebia quando escreveu um dos inícios mais importantes da literatura? Lembram? “Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso”.

Genial!

Bom, mas hoje não vamos falar sobre Kafka. Hoje vamos falar sobre outro escritor tão importante quanto. Que tal aproveitar a sexta-feira com o drink preferido de Truman Capote?

Capote uma vez disse que a profissão era nada mais, nada menos do que uma longa caminhada entre um drink e outro.

E o bon vivant não se referia a qualquer drink não. Capote era fã daquele que ele nomeou como “Meu drink de Laranja”. Ou o que nós, reles mortais, chamamos de Screwdriver.

foto (3)

Alguns podem conhecer Truman Capote por causa do seu trabalho mais famoso “A Sangue Frio“. Outros o conhecem pelo livro “A Bonequinha de Luxo” (sim, aquele mesmo que virou filme protagonizado por Audrey Hepburn), mas ando investigando ele pelo viés gastronômico e me deparei com esta história do drink de laranja e quis compartilhar com vocês.

Bom, o negócio é que Capote era tão apaixonado por seu “Drink de Laranja”, que muitos daqueles que o conheceram o descreveram como um homem sério, bem comportado, chacoalhando um copo de Screwdriver na mão enquanto refletia sobre algum assunto.

Pelo menos era assim que as pessoas o viam. Ele, pelo contrário, uma vez se descreveu assim: “Sou um alcoólatra, um viciado em drogas, um homossexual. Eu sou um gênio”.

Uma boa oportunidade de conhecer melhor este gênio, é assistindo “Capote”, longa lançado em 2005 e estrelado por Philip Seymour Hoffman, que levou a estatueta do Oscar de Melhor Ator por causa do filme.

Bom, mas vamos ao que interessa? Aprenda a fazer o legítimo Screwdriver à lá Capote.

Mas antes, uma curiosidade!  A tradução do nome do drink é “chave de fenda”.

Bom, diz a lenda que o drink surgiu numa oficina holandesa, onde dois mecânicos gostavam de misturar vodca e outros ingredientes para bridarem o fim do expediente.

Um belo dia, optaram por vodca e suco de laranja, mas não tinham uma colher para misturar.  Resultado? Acabaram usando a primeira coisa que viram – uma chave de fenda. E ai o nome pegou.

 Sabe como é.

 Ingredientes 

Screwdriver

– 50 ml de vodca

– 150 ml de suco de laranja

– duas pedras de gelo

– rodelas de laranja para enfeitar

Passo a passo

drink preferido de Truman Capote

Misture tudo.

Apenas.

E sirva bem gelado!

 Saúde!

Ah, antes de ir embora quero dizer que o Capitu Vem Para o Jantar completou um ano! Ufa! E para celebrar, tem sorteio lá no blog! Quer participar? Corre lá!

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Sexta-feira, Drinks e Truman Capote 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Lari Azevedo
Larissa Azevedo nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Desde pequena é apaixonada por arte, cores e literatura. Formada em Design Digital, é responsável pela parte visual do Burn Book é, juntamente com o Guilherme Cepeda, autora da série de livros "Série Minha Vida", e como fuga, lê todos os livros que pode, escreve e brinca no Photoshop. Me segue lá no SnapChat: lari.luara

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Culinária

Leave a reply