As redes sociais são uma ótima forma de divulgar qualquer coisa, mas as vezes as campanhas podem sair de uma forma errada, na hora errada, principalmente em um momento tão complicado que estamos vivendo, onde um comentário errado pode acabar em confusão, ou pior, em agressões verbais e físicas.

Pensando nesse cenário, a nova polêmica da vez envolve o filme do Danilo Gentili, que ensina como “Ser tornar o Pior Aluno da Escola”. Não assisti o filme (e nem pretendo) e esse post é baseado nas críticas que li na internet. Inclusive você pode conferir a crítica do filme aqui. Tá, mas qual o problema disso tudo?

A campanha do filme ocorreu ao mesmo tempo que a campanha do filme “Extraordinário“, e enquanto o filme do Gentili incentiva o bullying, o outro luta totalmente contra, com a campanha “Somos Todos Extraordinários”, inclusive levanta a bandeira do respeito e foi usado como gancho para o #DiaDoCombateaoBullyng.

Pelo visto a Paris filmes não pensou muito nisso, e divulgou duas mensagens como você pode ver abaixo:


Atenta, a internet percebeu a incoerência e comentou na fanpage da empresa, e o post chegou até no twitter. O pior foi esse tweet no dia em que ocorreu a tragédia no colégio Goyases: 


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

via adnews

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos